Facilitado o acesso aos arquivos históricos audiovisuais católicos

| 12 Fev 2019

Facilitado o acesso aos arquivos históricos audiovisuais católicos

| 12 Fev 19

Acaba de ser publicado um relatório que pretende facilitar o acesso dos interessados aos valiosos arquivos das organizações internacionais católicas ligadas aos media audiovisuais.

Esses arquivos foram entregues à Universidade de Lovaina, Bélgica, em 2006, ocupando uma extensão de quase uma centena de metros de documentação e referem-se à UNDA, ligada à rádio e à televisão, e à OCIC, ligada ao cinema, cobrindo o período que vai de 1928 a 2001.

Com interesse sobretudo para investigadores de media, bem como de interessados na história da teologia e da pastoral das comunicações sociais da Igreja Católica, esta vasta documentação permite igualmente perceber o evoluir do pensamento comunicacional católico e a sua complexa e por vezes conflituosa relação com a modernidade.

A documentação encontra-se depositada no Centro Inter-faculdades de Documentação e Pesquisa sobre Religião, Cultura e Sociedade (KADOC), e foi no quadro das actividades deste Centro que foi publicado o relatório “Roman Catholic Engagements with Audio-Visual Media around the World (1928-2001). Exploring and Utilizing the OCIC and UNDA archives” (aceder aqui).

Atualmente, as diferentes organizações internacionais católicas do campo dos media (incluindo a imprensa) encontra-se agrupadas na SIGNIS, que tem sede em Roma.

Breves

Boas notícias

Sessões de partilha apoiam cuidadores informais em Lisboa

Até março de 2025

Sessões de partilha apoiam cuidadores informais em Lisboa

O Espaço ComVida, um projeto-piloto da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa em São Domingos de Benfica, e o Instituto São João de Deus uniram-se para dinamizar sessões de partilha destinadas a cuidadores informais. A iniciativa decorre até março do próximo ano, depois do primeiro encontro ter sido realizado no passado dia 8 de julho.

Outras margens

Cultura e artes

Adaptação de espaço litúrgico em Santarém

Adaptação de espaço litúrgico em Santarém novidade

Sem entrar, ver e sentir ao vivo não me posso atrever a uma visão crítica da adaptação realizada na Catedral de Santarém, onde o novo altar utiliza mármore de Estremoz, com isso tendo provocado alguma polémica local. Deixo apenas algumas linhas que tenho refletidas para o curso de mestrado em arquitetura e liturgia em Santo Anselmo – Roma, no qual fui convidado a intervir. Apenas para elevar o debate impressivo das redes…!

Pessoas

Aristides já sorri, recuperada a casa que perdeu por causa de Salazar

Museu inaugurado esta sexta

Aristides já sorri, recuperada a casa que perdeu por causa de Salazar

É a única fotografia em que o cônsul aparece a sorrir. Está agora na Casa do Passal, em Cabanas de Viriato (Carregal do Sal), a habitação da família de Aristides de Sousa Mendes, cônsul de Portugal em Bordéus que, em 1940, passou vistos a pelo menos 3932 pessoas que fugiam da ocupação nazi de França.

Sete Partidas

Trabalho nunca será fácil

Trabalho nunca será fácil

Esta semana, enquanto despia a farda, para regressar a casa depois do dia de trabalho, subitamente assaltou-me uma ideia “a minha vida profissional nunca vai ficar fácil”. Incomodou-me o pensamento. Felizmente ninguém se cruzou comigo, saí e pude caminhar à sombra, até ao próximo “a fazer” do dia. As palavras, primeiro de sabor azedo, foram fazendo o caminho comigo. Dispersas e intrigantes. [Texto de Inês Patrício, Berlim]

Visto e Ouvido

Agenda

[ai1ec view=”agenda”]

Ver todas as datas

Entre margens

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica?

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica? novidade

Na música, um dos ministérios mais estruturantes da liturgia católica, este paradigma mantém-se, embora com nuances particulares: salvo algumas (felizmente, cada vez mais) exceções, o ministério do canto, domingo a domingo, é, em Portugal, sustentado maioritariamente por mulheres e a regência dos coros é, preferencialmente, entregue a homens

Um casal em 2024

Um casal em 2024

“A D. Georgina e o Senhor Amaro comentam o trânsito dos jovens, ele irritado: isto é gente de fora, do karaté ou lá o que é, daquelas coisas chinesas de dar porrada. Ela, rancorosa: pois, deixam-nos vir para cá para aprenderem a fazer-nos mal, deviam era mandá-los a todos para a terra dele”. Um texto de Nuno Caiado, baseado num episódio real testemunhado em Lisboa.

Co-construir a esperança na humanidade

Co-construir a esperança na humanidade

Se os participantes da VIII Conferência Internacional de Sociodrama que aconteceu em Budapeste, entre os dias 26 e 30 de junho, podem ser considerados como uma amostra da humanidade, penso que este encontro nos trouxe esperança para o nosso futuro coletivo nesta Casa Comum de que somos parte.

Fale connosco

“Porque não eu? Sim ao diaconado feminino”

Campanha internacional

“Porque não eu? Sim ao diaconado feminino” novidade

“Ousemos finalmente sair do silêncio, nós mulheres, muitas das quais já somos diáconos por força das circunstâncias.” É o que afirmam três dezenas de organizações de mulheres de vários países, numa campanha lançada em reação ao rotundo não do Papa Francisco à possibilidade da ordenação de mulheres na Igreja Católica

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica?

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica? novidade

Na música, um dos ministérios mais estruturantes da liturgia católica, este paradigma mantém-se, embora com nuances particulares: salvo algumas (felizmente, cada vez mais) exceções, o ministério do canto, domingo a domingo, é, em Portugal, sustentado maioritariamente por mulheres e a regência dos coros é, preferencialmente, entregue a homens

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This