Superior-geral dos Missionários da Consolata

“Único modo de ressuscitar é gastar a vida pelos outros”

| 30 Mar 2024

James Lengarin. Foto Missionários da Consolata

James Lengarin pede aos membros da Família Missionária da Consolata para que não se deixem “dominar apenas pela escuridão” das “fragilidades e desilusões”. Foto © Missionários da Consolata

 

James Lengarin, padre e superior-geral dos Missionários da Consolata, escreveu uma mensagem dirigida à Família Missionária da Consolata a propósito da celebração da Páscoa, na qual lembra que este tempo assume uma dimensão fundamental para os missionários, uma vez que são “chamados a ‘partir sem demora’”, para “anunciar ao mundo a vitória da vida sobre a morte, da luz sobre as trevas, da esperança sobre o desânimo, da libertação de todas as formas de escravidão.”

No texto, intitulado “Páscoa: ressurgir para dedicar a vida aos outros”, James Lengarin pede aos membros da Família Missionária da Consolata para que não se deixem “dominar apenas pela escuridão” das “fragilidades e desilusões”. “O nosso individualismo sufocaria a nossa capacidade de cuidar dos outros. A Ressurreição diz-nos que Deus se manifesta sempre e em todo o caso; nós é que andamos apáticos, envolvidos em tantas coisas, a ponto de não O reconhecermos na vida, nos irmãos e, sobretudo, nos mais necessitados”, sublinha.

O superior da congregação religiosa dá conta das intenções das suas orações. “Rezo para que também nós nos tornemos instrumentos do dinamismo da ressurreição, para traçarmos novos caminhos no nosso empenho missionário, na entrega total aos outros, e sobretudo para sermos esperança para os desiludidos, bússola para os perdidos e consolação para os desesperados.”

Lengarin agradece à Família Missionária da Consolata pelo seu “incansável esforço”, e faz um apelo: “Sede um farol de luz que difunde no mundo a vitória da vida sobre a morte”, sublinhando depois os efeitos que a festa da Páscoa pode ter em cada um. “A Páscoa vem recordar a cada um de nós, a cada comunidade, às circunscrições e a todo o instituto que o único modo de ressuscitar, de vencer a morte, é gastar a vida pelos outros, amando e aceitando ser amados em cada momento e circunstância da vida.” James Lengarin termina a sua mensagem desejando a todos uma “santa Páscoa”, repleta de “esperança, amor e de ânsia de ressurreição”.

 

Texto publicado ao abrigo da parceria entre o 7MARGENS e a revista Fátima Missionária.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This