Relatos de bullying

Uso de hijab imposto na maioria das províncias da Indonésia

| 26 Jul 2022

crianças usam hijab em escola na indonesia foto odua images

De acordo com um recente relatório da Human Rights Watch, em algumas áreas muçulmanas conservadoras, até meninas não muçulmanas são forçadas a usar o hijab. Foto © Odua Images.

 

Quase 150 mil escolas nas 24 províncias de maioria muçulmana da Indonésia obrigam atualmente milhões de meninas e mulheres a usar hijab (vestuário feminino que cobre o cabelo, o pescoço e o peito) e a vestirem-se ​​com saias longas e camisas de manga comprida, de acordo com o Christian Today desta terça-feira, 26 de julho.

A imposição decorre de regulamentos locais que o Governo central não contraria e, de acordo com um recente relatório da Human Rights Watch, em algumas áreas muçulmanas conservadoras, como no Aceh e na Sumatra Ocidental, até meninas não muçulmanas são também forçadas a usar o hijab.

Segundo esta organização, em pelo menos 24 das 33 províncias do país, as raparigas que não obedeceram a esta imposição foram obrigadas a deixar a escola ou vítimas de bullying, enquanto algumas funcionárias públicas, incluindo professoras, médicas, diretoras de escolas e professoras universitárias, perderam os seus empregos ou sentiram-se obrigadas a demitir-se.

Elaine Pearson, diretora interina da Human Rights Watch para a Ásia, defende que “o Presidente Joko Widodo deve anular imediatamente os decretos provinciais e locais discriminatórios e abusivos que violam os direitos de mulheres e meninas”, dado que “esses decretos causam danos reais e, na prática, só serão encerrados pela ação do Governo central.”

As 33 províncias indonésias são unidades administrativas que gozam de grande autonomia, governo e legislação próprios.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Índia

Carnataca é o décimo Estado a aprovar lei anticonversão

O Estado de Carnataca, no sudoeste da Índia, tornou-se, no passado dia 15 de setembro, o décimo estado daquele país a adotar leis anticonversão no âmbito das quais cristãos e muçulmanos e outras minorias têm sido alvo de duras perseguições, noticiou nesta sexta-feira, 23, o Vatican News, portal de notícias do Vaticano.

Neste sábado, em Lisboa

“Famílias naturais” em convívio contra a ideologia de género

Prometem uma “tarde de convívio e proximidade”, um concerto, diversão e “múltiplas actividades para crianças e adultos: o “Encontro da Família no Parque” decorre esta tarde de sábado, 24 de Setembro, no Parque Eduardo VII (Lisboa), a partir das 15h45, e “pretende demonstrar um apoio incondicional à família natural e pela defesa das crianças”.

Gratuito e universal

Documentário sobre a Laudato Si’ é lançado a 4 de outubro

O filme A Carta (The Letter) será lançado no YouTube Originals no dia 4 de outubro, anunciou, hoje, 21 de setembro, o Movimento Laudato Si’. O documentário relata a história da encíclica Laudato Si’, recolhe depoimentos de vários ativistas do clima e defensores da sustentabilidade do planeta e tem como estrela principal o próprio Papa Francisco.

Promessa cumprida, pacto assinado, e agora… “esperamos por ti em Lisboa”, Papa Francisco

Terminou o encontro em Assis

Promessa cumprida, pacto assinado, e agora… “esperamos por ti em Lisboa”, Papa Francisco novidade

“Espero por vocês em Assis.” Assim terminava a carta que o Papa escreveu aos jovens em maio de 2019, convidando-os a participar na Economia de Francisco. Apesar de uma pandemia o ter obrigado a adiar dois anos este encontro, e ainda que as dores no joelho o tenham impedido de vir pelo seu próprio pé, Francisco cumpriu a sua promessa, como só os verdadeiros amigos sabem fazer. Este sábado, 24, logo pela manhã, chegou à cidade de Assis para se juntar aos mil participantes do encontro A Economia de Francisco. Escutou atentamente os seus testemunhos e preocupações, deu-lhes os conselhos que só um verdadeiro amigo sabe dar, selou com eles um pacto e até reclamou por não terem trazido cachaça (bem sabemos que é próprio dos amigos rabujar e fazer-nos rir). Mas sobretudo provou-lhes que acredita neles e que é com eles que conta para fazer do mundo um lugar melhor.

Agenda

Fale connosco

Autores