Alenquer

Utopia Global do Espírito Santo em três livros e exposição

| 25 Jun 21

A Utopia Global do Espírito Santo é o título de uma obra em três volumes que será apresentada na tarde deste sábado, 26 de Junho, na Igreja da Misericórdia, em Alenquer. Ao mesmo tempo, será inaugurada uma exposição com o mesmo título, que procura dar uma perspectiva da abrangência do culto do Espírito Santo.

Os três volumes da obra correspondem às actas do Congresso Internacional do Espírito Santo, realizado em 2016 naquela vila, com o título de Génese, Evolução e Actualidade da Utopia da Fraternidade Universal.

Utopia Global do Espírito Santo

Os três volumes da obra correspondem às actas do Congresso Internacional do Espírito Santo, realizado em 2016 em Alenquer.

No prefácio da obra, Guilherme d’Oliveira Martins, um dos coordenadores da colecção em que a mesma se insere, escreve: “Quando falamos do culto do Espírito Santo, tão ligado ao franciscanismo, estamos a considerar, pelas suas características muito próprias, de abertura, de hospitalidade, de inconformismo e de aventura, uma das influências culturais mais duráveis na criação da nossa identidade aberta.”

Aos medos medievais ligados à natureza incerta e ao desconhecido, acrescenta o também administrador da Fundação Calouste Gulbenkian,  “contrapôs a herança de Francisco de Assis a atitude da cultura moderna, orientada para o espírito de descoberta, que favoreceu a ciência e uma expansão global”.

Por essas razões, pode dizer-se “que o culto do Espírito Santo, como o franciscanismo, está no código genético da nossa cultura – a partir da consideração do primado da dignidade da pessoa humana, da valorização da hospitalidade e da entreajuda comunitária, e do espírito de abertura e de disponibilidade para o que é outro e diferente”.

A sessão de apresentação da obra e de inauguração da exposição tem início às 16h, após o que Guilherme d’Oliveira Martins e Duarte Pio de Bragança, pretendente à coroa de Portugal, farão a apresentação dos três volumes. Segue-se um momento musical com Rebeca Amorim Csalog a tocar harpa, após o que se fará a inauguração e primeira visita da exposição.

 

‘Caminho Minhoto Ribeiro’ reconhecido pelos arcebispos de Braga e Santiago

Em ano Xacobeo

‘Caminho Minhoto Ribeiro’ reconhecido pelos arcebispos de Braga e Santiago novidade

A cidade de Braga foi palco, nesta sexta-feira, 17, da declaração oficial de reconhecimento do Caminho Minhoto Ribeiro por parte dos arcebispos de Braga e de Santiago de Compostela, depois de esse processo ter decorrido já por parte das autarquias do lado português e galego. Na conferência que decorreu em Braga, cidade que é ponto de partida dos dois itinerários que compõem este Caminho, foi igualmente feita a apresentação da investigação documental que fundamenta este novo percurso, a cargo do professor e historiador galego Cástor Pérez Casal.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Só a capacidade de nos maravilharmos sustenta a resistência à crueldade e ao horror

Edgar Morin em entrevista

Só a capacidade de nos maravilharmos sustenta a resistência à crueldade e ao horror novidade

“Se formos capazes de nos maravilhar, extraímos forças para nos revoltarmos contra essas crueldades, esses horrores. Não podemos perder a capacidade de maravilhamento e encantamento” se queremos lutar contra a crise, contra as crises, afirmou Edgar Morin à Rádio Vaticano em entrevista conduzida pela jornalista Hélène Destombes e citada ontem, dia 18 de setembro, pela agência de notícias ZENIT

A votar, a votar!

[Segunda leitura]

A votar, a votar! novidade

“Começa hoje a campanha eleitoral para as eleições autárquicas de 26 de setembro”. Juro que ouvi isto na passada terça-feira, dia 14 de setembro. Assim mesmo, sem tirar nem pôr, na abertura de um noticiário na rádio: “Começa hoje a campanha eleitoral para as eleições autárquicas de 26 de setembro”. Juro.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This