Mensagem para a América Latina

“Vacinar-se é um acto de amor”, diz o Papa

| 18 Ago 21

O Papa Francisco considera que “vacinar-se é um acto de amor”, num vídeo que integra uma campanha de apelo à vacinação dirigida essencialmente aos países da América Latina. As vacinas “trazem esperança para acabar com a pandemia, mas só se estiverem disponíveis para todos”, diz.

“Vacinar-se com vacinas autorizadas pelas autoridades competentes é um acto de amor” a cada um, aos “parentes e amigos” e a “todos os povos”, diz Francisco na mensagem, citada pela Ecclesia.

“Com espírito fraterno, uno-me a esta mensagem de esperança por um futuro mais luminoso. Graças a Deus e ao trabalho de muitos, hoje temos vacinas para nos protegermos da covid-19. Elas trazem esperança para acabar com a pandemia, mas só se estiverem disponíveis para todos e se colaborarmos uns com os outros”, afirma o Papa.

“O amor também é social e político” e faz-se com “pequenos gestos de caridade pessoal, capazes de transformar e melhorar as sociedades”, acrescenta Francisco. “Peço a Deus que cada um possa colocar o seu pequeno grão de areia, o seu pequeno gesto de amor.  Por mais pequeno que seja, o amor é sempre grande! Façamos esses pequenos gestos para um futuro melhor.”

Vacinar-se, acrescenta ainda na mensagem vídeo, “é uma forma simples, mas profunda de promover o bem comum e de cuidarmos uns dos outros, principalmente os mais vulneráveis”.

Esta campanha conta com a participação de mais de mil personalidades da política, medicina e das religiões, incluindo seis cardeais e arcebispos dos Estados Unidos e da América Latina, e líderes protestantes, evangélicos, judaicos e outros.

O vídeo de um minuto e meio com a mensagem do Papa pode ser visto a seguir:

 

Nós somos porque eles foram. E nós seremos nos que vierem a ser.

Nós somos porque eles foram. E nós seremos nos que vierem a ser. novidade

A homenagem aos que perderam as suas vidas nesta pandemia é uma forma de reconhecermos que não foram só os seus dias que foram precoce e abruptamente reduzidos, mas também que todos nós, os sobreviventes, perdemos neles um património imenso e insubstituível. Só não o perderemos totalmente se procurarmos valorizá-lo, de formas mais ou menos simbólicas como é o caso da Jornada da Memória e da Esperança deste fim-de-semana, mas também na reflexão sobre as nossas próprias vidas e as das gerações que nos sucederão.

Parlamento aprovou voto de solidariedade com vítimas da pandemia e iniciativa cidadã

Jornada da Memória e da Esperança

Parlamento aprovou voto de solidariedade com vítimas da pandemia e iniciativa cidadã novidade

A Assembleia da República (AR) manifestou o seu apreço pela Jornada de Memória e Esperança, que decorre neste fim-de-semana em todo o país, através de um voto de solidariedade com as vítimas de covid-19 e com as pessoas afectadas pela pandemia, bem como com todos os que ajudaram no seu combate, com destaque para os profissionais de saúde.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

“Caminhada pela Vida” contra regresso do aborto e da eutanásia

Neste sábado, em dez cidades

“Caminhada pela Vida” contra regresso do aborto e da eutanásia novidade

Uma “caminhada pela vida” em dez cidades portuguesas é a proposta da Federação Portuguesa pela Vida e da Plataforma Caminhadas pela Vida para este sábado, 22, à tarde, com o objectivo de contrariar o regresso do debate da eutanásia e os projectos de lei de alargamento de prazos no aborto apresentados entretanto no Parlamento pelas duas deputadas não inscritas.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This