Pelos 40 anos da "Salvifici Doloris"

Vale a pena viver no sofrimento? Um encontro em Fátima pode ajudar a responder

| 8 Jan 2024

Pessoa com deficiencia. Foto StockPlanets

O encontro – intitulado “Sofrer? Amar? Viver!” – vai decorrer em Fátima no fim de semana de 10 e 11 de fevereiro, data em que se assinala também o Dia Mundial do Doente. Foto © StockPlanets

 

Na data em que irão cumprir-se 40 anos da publicação da carta apostólica Salvifici Doloris  – sobre O Sentido Cristão do Sofrimento Humano – escrita pelo Papa João Paulo II, o Serviço Pastoral a Pessoas com Deficiência propõe um encontro para juntar “pessoas sãs, doentes, com e sem deficiência, seja ela qual for” e descobrir se “ainda vale a pena sorrir e dizer ‘sim’ à vida”, mesmo quando esta implica sofrimento.

O encontro – intitulado “Sofrer? Amar? Viver!” – vai decorrer em Fátima no fim de semana de 10 e 11 de fevereiro (data em que se assinala também o Dia Mundial do Doente), e será composto por dois programas paralelos que se cruzam em alguns momentos: um programa geral e um “programa extraordinário” dedicado às pessoas com deficiência psíquica que queiram também participar.

“Temos a certeza de que hoje, mais do que nunca, o sofrimento não pode ser entendido como fim último que nos espera, ou como um castigo inevitável. Mas também sabemos que é uma realidade incontornável”, refere o comunicado de divulgação da iniciativa, enviado esta segunda-feira, 8 de janeiro, ao 7MARGENS.

“Em duas dinâmicas distintas, queremos fazer juntos um caminho no maravilhoso mundo da promoção da vida independentemente das circunstâncias que vivamos. Pessoas doentes, em sofrimento, com deficiência ou seus familiares”, acrescenta o texto, em jeito de convite.

Um workshop sobre “O Sofrimento nos Evangelhos”, as reflexões do padre José Nuno (capelão hospitalar durante 18 anos) e do padre Rui Santiago (missionário redentorista, autor do livro “Como um Diário – também nos despedimos de quem amamos”), e uma mesa redonda com testemunhos a partir do mote “O Sofrimento e a (minha) Vida” são alguns dos momentos previstos.

Cartaz do encontro Sofrer? Amar? Viver!

O encontro incluirá também um serão cultural após o jantar de sábado e uma visita à exposição temporária do Santuário de Fátima “Rosarium: Alegria e Luz, Dor e  Glória”, na manhã de domingo.

A iniciativa terá lugar na Casa de Nossa Senhora das Dores, em Fátima, e a inscrição pode ser realizada mediante o preenchimento do formulário já disponível online (onde pode ser consultado o programa completo) e o pagamento de cinco euros. A estadia terá o “valor simbólico” de 29 euros, definido pelo Santuário de Fátima, sendo gratuita para pessoas com deficiência.

“Sofrer? Amar? Viver!” é fruto de uma parceria com os Silenciosos Operários da Cruz (SODC) e o Centro Voluntários do Sofrimento, e conta com o apoio do Santuário de Fátima, do Secretariado Nacional da Pastoral Social, da Comissão Nacional Pastoral da Saúde e do Movimento Fé e Luz.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Irritações e sol na cara

Irritações e sol na cara novidade

“Todos os dias têm muito para correr mal, sim. Mas pode-se passar pela vida irritado? Apitos e palavras desagradáveis, respirações impacientes, sempre com o “não posso mais” na boca.” – A crónica de Inês Patrício, a partir de Berlim

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This