Vaticano quer mais cooperação entre estados para combater tráfico humano

| 1 Set 2020

trafico humano, Foto ONU

Dez milhões de vítimas de tráfico humano têm menos de 18 anos. Foto © ONU

 

O reforço da parceria e cooperação entre Estados é uma das “armas” mais eficazes para combater o tráfico de pessoas, afirmou o bispo Janusz Urbanczyk, observador permanente da Santa Sé junto da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), num discurso perante o Conselho Permanente da organização.

As vítimas de tráfico estão “entre as pessoas mais desumanizadas e descartadas do mundo de hoje, em todos os cantos do globo”, afirmou o responsável, citado pelo Vatican News.

O tráfico de seres humanos “é uma praga terrível, um flagelo aberrante, uma ferida aberta no corpo da sociedade contemporânea”, sobre a qual há uma “ignorância generalizada”, disse ainda Janusz Urbanczyk. Isto, apesar das mais de 40 milhões de vítimas de tráfico ou exploração (das quais um quarto, 10 milhões, com menos de 18 anos, enquanto uma criança em cada 20 vítimas de exploração sexual no mundo tem menos de oito anos de idade).

O observador da Santa Sé junto da OSCE acrescentou que, a agravar tudo o que já existia neste âmbito, a pandemia de covid-19 “mudou os padrões habituais de tráfico e exploração”, intensificando o uso da comunicação e manipulação em linha, e “também exacerbou e destacou as desigualdades económicas e sociais sistémicas e profundas que estão entre as causas do tráfico de seres humanos”.

 

“Trabalho digno” é o “caminho para a paz e justiça social”, defende MMTC

Mensagem e conferência online

“Trabalho digno” é o “caminho para a paz e justiça social”, defende MMTC novidade

“Num mundo em conflito, com profundas desigualdades e ambientalmente insustentável, o trabalho digno representa o caminho para a paz e a justiça social”, defende o Movimento Mundial de Trabalhadores Cristãos, na véspera do Dia Internacional pelo Trabalho Digno, que se assinala  a 7 de outubro. A mensagem foi divulgada em Portugal pela Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos, nesta quinta-feira, 6, data em que dinamiza, pelas 21 horas, uma videoconferência subordinada ao tema “Trabalho digno para todos”.

Responsáveis religiosos contra desalojamento de comunidade mapuche

Argentina

Responsáveis religiosos contra desalojamento de comunidade mapuche novidade

Os líderes de diferentes Igrejas cristãs de Bariloche (cidade na região da Patagónia Argentina) apelaram esta quarta-feira, 5, à busca de vias de diálogo e de paz, depois de no dia anterior as forças policiais federais terem iniciado uma operação de desalojamento de uma comunidade indígena mapuche, recorrendo ao uso de gás lacrimogéneo e balas de borracha, e que resultou na detenção de pelo menos dez pessoas, entre elas uma mulher grávida e cinco menores.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Dia 4 de outubro

Filme “A Carta” exibido em Campo de Ourique

O documentário “A Carta” que relata a história da Encíclica Laudato Si’, recolhe depoimentos de vários ativistas do clima e tem como estrela principal o próprio Papa Francisco vai ser exibido no auditório da Escola de Hotelaria e Turismo na terça-feira, dia 4 de outubro, às 21h15.

Bispo Bätzing “impede” visita do cardeal Koch à Alemanha

Em causa disputa sobre o Caminho Sinodal alemão

Bispo Bätzing “impede” visita do cardeal Koch à Alemanha novidade

O cardeal Kurt Koch, prefeito do Dicastério para a Unidade dos Cristãos, cancelou a sua visita à Alemanha, depois do bispo Georg Bätzing, presidente da Conferência Episcopal daquele país, ter dito que ele não seria bem-vindo enquanto não tornasse público um pedido de desculpas pelas afirmações feitas no final de setembro contra o Caminho Sinodal alemão, noticia o jornal católico The Pillar na sua edição de 3 de outubro.

Silêncio: devolver à vida a sua beleza

Livro de oração

Silêncio: devolver à vida a sua beleza novidade

Será um passo paradoxal falar do silêncio: afinal, ele será rompido para que dele se fale. Mas sabemos, na nossa experiência quotidiana, como a ausência de reflexão pode ser sinónimo, não de silêncio, mas de um adormecimento nos ruídos, distrações e imagens que constantemente nos interpelam.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This