“Corpo Europeu de Solidariedade”

Voluntariado jovem europeu terá mil milhões e 27 mil jovens até 2027

| 18 Jun 21

Voluntariado, Jovens, União Europeia

A conferência sobre Voluntariado Jovem, em Viana do Castelo. Foto reproduzida do Twitter da PPUE

 

O Corpo Europeu de Solidariedade (CES) terá mil milhões de euros para investir até 2027, e dará oportunidade a 27 mil jovens de participarem em programas de voluntariado nos Estados-membros da União Europeia, anunciou o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, em Viana do Castelo.

No encontro de apresentação daquele programa, no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia, o ministro referiu-se ao CES como uma “via verde” para chegar a uma Europa mais coesa e solidária e para conseguir uma maior capacitação dos jovens “através da sua maior participação na comunidade”.

O CES sucede ao Serviço Voluntário Europeu mas alarga o seu âmbito, incluindo a possibilidade de beneficiar países terceiros. No seu discurso durante a conferência, Tiago Brandão Rodrigues acrescentou que, se a União Europeia se pudesse resumir a um adjectivo, ele teria que ser, “muito provavelmente, solidário”.

“Poucos valores são tão intrínsecos à condição europeia quanto o valor da solidariedade”, disse o ministro português da Educação. “Seja como valor de cada cidadão, seja como valor que todos os Estados não podem nunca esquecer ser seu”, disse. E por isso o CES não é “apenas mais um programa”, sublinhou o Brandão Rodrigues.

Na mesma ocasião, o ministro referiu-se ao programa Erasmus+ 2021-27, de circulação de estudantes, apelando ao seu uso “até ao tutano”, como uma “ferramenta fundamental e poderosíssima” para a internacionalização e a competitividade. Também neste caso, o programa pretende chegar a mais pessoas, graças a uma dotação orçamental que passou de 14,7 para 28,4 mil milhões de euros.

Desde que se iniciou, em 1987, o Erasmus já foi utilizado por 10 milhões de jovens e já “foi responsável” por um milhão de bebés. Segundo o ministro do Ensino Superior, Manuel Heitor, os próximos sete anos serão de “democratização” do Erasmus: depois de um em cada 10 estudantes portugueses já terem participado no programa, a meta é que, até 2027, 70% já tenham tido oportunidade de fazer a experiência do Erasmus.

 

Lembrar as vítimas do nazismo

Holocausto

Lembrar as vítimas do nazismo novidade

27 de janeiro, a data em que o Exército Vermelho libertou Auschwitz, tornou-se o dia internacional em memória das vítimas do nazismo. Hoje quero lembrar Karl Stojka, e o seu aviso: “Não foi Hitler, nem Göring, nem Goebels, nem Himmler, nem nenhum desses quem me arrastou e espancou. Não. Foi o sapateiro, o vizinho, o leiteiro.”

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

As estrelas boas que Deus coloca na nossa vida

As estrelas boas que Deus coloca na nossa vida novidade

No contexto da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2022 [entre 18 e 25 de janeiro] prestamos tributo a um homem bom, um fiel seguidor de Cristo e um cristão verdadeiramente ecuménico e aberto ao diálogo inter-religioso. Um cristão também com profundo sentido de humor e de alegria, que é sempre um sinal de uma boa espiritualidade.

Abusos na Igreja e Vaticano: “Fazer o que ainda não foi feito”

Análise

Abusos na Igreja e Vaticano: “Fazer o que ainda não foi feito”

Sobre as leituras e as consequências do estudo divulgado há precisamente uma semana relativamente aos abusos na Arquidiocese de Munique, umas das principais da Alemanha, o mundo católico encontra-se em suspenso. Já esta sexta-feira, 28, espera-se o pronunciamento da diocese visada e tanto o Vaticano como Bento XVI anunciaram ir estudar atentamente o documento, tendo o Papa Emérito prometido responder.

Centro de Formação Cristã inaugura disciplina sobre ecologia integral

Diocese de Leiria-Fátima

Centro de Formação Cristã inaugura disciplina sobre ecologia integral

A partir do próximo dia 8 de fevereiro, a Escola Diocesana Razões da Esperança (EDRE), do Centro de Cultura e Formação Cristã da Diocese de Leiria-Fátima, contará com uma novidade na sua oferta formativa: pela primeira vez e de forma mais sistematizada, será dada atenção às questões ambientais e ecológicas, na linha do que o Papa Francisco propõe na Encíclica Laudato Si’. A disciplina terá a designação de “Cuidar da Terra, cuidar do outros” e será lecionada por elementos da Rede Cuidar da Casa Comum, noticia a diocese no seu site.

Fale connosco

Abusos na Igreja
Dar voz ao silêncio

Contactos da Comissão Independente

https://darvozaosilencio.org/

E-mail: geral@darvozaosilencio.org

Telefone: (+351) 91 711 00 00

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This