Isilda Monteiro

Não, a História não se repete

    A História não tem um progresso retilíneo. Como escreveu Reis Torgal na “Carta a um jovem investigador” publicada em 2021, é mais adequado aceitar a ideia de um progresso em espiral que “nos leva a considerar que o processo civilizacional tem recuos e avanços, passando por pontos idênticos, mas estruturalmente diferentes”. Nesta...

Pin It on Pinterest