Igreja Católica

Os abusos sexuais e uma questão ética

A recente notícia sobre a investigação de abusos sexuais praticados na Igreja francesa nos últimos setenta anos, assim como outras semelhantes, fazem sempre com que me venha à mente a minha experiência profissional quase quotidiana. Na verdade, na minha função de juiz desembargador tenho ocasião de lidar com recursos de condenações (muitas delas em penas das mais graves) por abusos sexuais de crianças e adolescentes.

Clima e pobres na agenda

Francisco recebe Biden: um jogo de sombras e de bispos conspira contra ambos

É uma audiência importante na antevéspera do início da cimeira de Glasgow sobre o clima. Mas ela estará ameaçada por um jogo de sombras: bispos que apoiam Trump e contestam Biden (e o Papa), um Supremo Tribunal conservador que pode reverter decisões sobre o aborto e uma hierarquia que, apesar de admoestada pelo Vaticano, prossegue a sua cruzada contra o Presidente – e contra o Papa. 

A um mês das eleições

Bispos chilenos denunciam violência nas ruas

Perante o crescimento dos confrontos nas ruas, o episcopado chileno tornou pública uma mensagem em que lamenta que “as manifestações violentas estejam a aumentar” e que “o protesto político legítimo se esteja a tornar, devido às ações de alguns grupos, frequentemente destrutivo da propriedade e dos espaços públicos e privados.” 

Sínodo de esperança ou nem isso

Tenhamos esperança de que o Sínodo começado em Portugal e em todas as dioceses do mundo católico-romano não seja um esfrangalhado tecido que nada terá a ver com a vontade indomável de um homem, que se chama Francisco, bispo de Roma e Papa. As primeiras notas não são nada animadoras: basta sentirmos o que a Igreja Católica em Portugal fez com a encíclica Laudato Si’, que simplesmente silenciou e, embora alguns pequenos grupos teimem em levá-la à luz do dia, o clero português, na sua generalidade, não estará para aí virado.

Sínodo em demanda de mudanças

Falo-vos da reflexão feita pelo Papa Francisco, como bispo de Roma, no início do Sínodo, cuja primeira etapa agora começa, de outubro de 2021 a abril de 2022, respeitando às dioceses individuais. Devemos lembrar que o “tema da sinodalidade não é o capítulo de um tratado de eclesiologia, muito menos uma moda, um slogan ou novo termo a ser usado ou instrumentalizado nos nossos encontros. Não! A sinodalidade exprime a natureza da Igreja, a sua forma, o seu estilo, a sua missão”.

Comentário

O segundo apagamento de Aristides

“Mesmo que me destituam, só posso agir como cristão, como me dita a minha consciência; se estou a desobedecer a ordens, prefiro estar com Deus contra os homens do que com os homens contra Deus.” Esta afirmação de Aristides de Sousa Mendes, cônsul de Portugal em Bordéus em 1940, confirmada por muitas outras de cariz semelhante, mostra bem qual foi o fundamento para a sua decisão de, contra as ordens expressas de Salazar, conceder indiscriminadamente vistos de passagem a milhares de pessoas em fuga do terror nazi.

Pregos no caixão

Como resultado de uma evolução e saturação pessoais, cheguei ao ponto de ter medo, no próprio e exacto sentido da palavra, cada vez que vejo um padre ou um bispo aparecer na TV ou ser transcrito num jornal, porque é imensa a possibilidade de das suas bocas sair forte asneira e de os seus gestos e trejeitos serem comprometedores.

Aristides com honras de Panteão

“Só posso agir como cristão, como me dita a consciência”

Domingo, 17 de Outubro, no programa Página 2, da RTP2, António Moncada Sousa Mendes, autor do livro Aristides de Sousa Mendes – Memórias de um Neto evocou a memória do seu avô. Foi um depoimento também a referir essa perspectiva e a recordar o longo caminho de Aristides até este dia que o 7MARGENS pediu ao neto do primeiro português a ser declarado Justo Entre as Nações.

Dioceses portuguesas abriram Sínodo

Escutar sem filtros insatisfações e expectativas do mundo sobre a Igreja

Na Arquidiocese de Braga não haverá assembleias sinodais, mas, em contrapartida, haverá uma forte aposta na multiplicação de pequenos grupos nas paróquias, comunidades e movimentos, com a tarefa de “escutarem o que o Espírito Santo diz à Igreja” através dos seus membros e, também através daqueles que andam longe ou nas suas margens. O Sínodo da Igreja Católica foi aberto solenemente em todas as dioceses do mundo, também em Portugal.

Um sentimento misto

No trabalho ou em qualquer outra responsabilidade todos desejamos que tenham confiança em nós e no discernimento que fazemos das coisas. Quantas pessoas não fazem a menor ideia da rede complexa de relacionamentos que estão em jogo e que, por detrás dos silêncios, existe uma visão do todo cuja compreensão exige tempo para a assimilar, não um tweet. Assume, aqui, importância, desenvolver uma cultura da confiança em quem assume determinadas responsabilidades.

Abusos: entre a vergonha e a esperança

Saiu agora mais um relatório sobre a realidade dos abusos sexuais, desta vez em França. Recordo outras situações como EUA, Polónia, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia, Alemanha…todos, segundo os critérios diferenciados de estudo e análise, vão mostrando uma realidade que envergonha a Igreja Católica e a sociedade, manifestando não apenas escândalo, mas também situações de indiferença e até crueldade.

Em preparação do Dia Mundial

Papa marca encontro privado com 500 pobres em Assis

O Papa irá a Assis para um encontro privado com um grupo de 500 pobres, no próximo dia 12 de novembro, como preparação, precisamente, para o Dia Mundial dos Pobres, anunciou esta sexta-feira, 15, a Sala de Imprensa da Santa Sé.

Este Dia vai já na sua quinta edição, tendo sido instituído por Francisco com o objetivo de “sensibilizar para o grito dos pobres e dos sofredores”, e será celebrado no domingo, 14 de novembro. Os pobres com quem o Papa se encontrará são provenientes de diferentes partes da Europa, estando previsto um tempo de escuta e oração com eles.

Casos em investigação

Dois padres suspeitos de abuso sexual de menores na diocese de Viseu

Dois padres da diocese de Viseu estão a ser investigados por suspeita de abuso sexual de menores. Um deles terá enviado mensagens de teor sexual a um adolescente e foi suspenso preventivamente pelo bispo da diocese, António Luciano. O outro processo está em fase de instrução e não foram revelados quaisquer pormenores sobre o mesmo, avançou esta quarta-feira, 13 de outubro, a Rádio Renascença.

“Reconhecimento da verdade deve ser feito”

Cardeal Marto admite investigação independente sobre abusos sexuais, mas bispos estão divididos

São quatro expressões usadas pelo cardeal António Marto, bispo de Leiria-Fátima, que deixam entender a sua posição sobre a possibilidade de uma investigação independente a eventuais casos de abusos sexuais por parte de membros do clero: “A Igreja está disposta a olhar a realidade, para pôr fim a este escândalo”, cuidar do apoio às vítimas e ter uma “atitude preventiva e sem contemplação”.

Francisco e os “Guerreiros do Rosário”

São de todos conhecidas as reformas que corajosamente o Papa Francisco tem procurado levar a cabo ao longo do seu pontificado. Muitas delas não serão assim tão inéditas, indo apenas no sentido de se implementar e consolidar o que foi decidido no Concílio Vaticano II. Sabendo-se que durante os pontificados de João Paulo II e de Bento XVI houvera um certo afrouxamento na implementação dessas reformas, a tarefa que Francisco tem tentado levar a cabo não tem sido nada fácil.

Francisco lança desafios para o Sínodo

À escuta das perguntas, preocupações e esperanças da Igreja e do mundo

Na eucaristia de arranque do Sínodo da Igreja Católica sobre a sinodalidade, o Papa Francisco pede que não se busquem respostas superficiais, pronto-a-vestir, mas que todos se coloquem “à escuta das perguntas, preocupações, esperanças de cada Igreja, de cada povo e nação e também à escuta do mundo, dos desafios e mudanças que ele coloca diante de nós”. E alertou que “o Espírito Santo sopra de modo sempre surpreendente para sugerir percursos e linguagens novos”.

Pedofilia: bispos, palavra pedida

Foi um peso pesado que veio expressamente enviado do Vaticano a Portugal no passado mês de maio. Jesuíta, alemão, psicólogo, o padre Hans Zollner foi o viajante. Em nome da Comissão antipedofilia do Vaticano e da Comissão Pontifícia para a Tutela de Menores, falou. A razão de ser da sua vinda era o cumprimento da vontade expressa do Papa Francisco, em abertura ao apuramento e condenação de abusos sexuais na Igreja.

Editorial

Abusos sexuais: a impenitência da Igreja em Portugal

O bispo auxiliar de Lisboa Américo Aguiar afirmou ao jornal Público que a “Igreja Católica admite investigação de casos de pedofilia, desde que não seja limitada ao clero”, título da manchete do jornal deste sábado, dia 9. Américo Aguiar sublinha que a Igreja “é a única instituição que, apesar de todos os arrastamentos e dificuldades, está a levar isto a sério”.

Sinodalidade católica em processo

Papa abre Sínodo em Roma – mas está a maior parte da hierarquia interessada nisso?

O Papa abre este sábado em Roma o sínodo em que quer colocar toda a gente a escutar-se e a debater o que deve ser a Igreja e a sua missão na sociedade. Este é o coração da reforma de Francisco, coincidem vários analistas. Mas o processo está atrasado em Portugal (apesar de ter havido um dedo português na escolha do tema), é inexistente no plano dos bispos americanos e quase ignorado em várias partes do mundo.

Encontro de Santo Egídio, em Roma

Apelo de líderes religiosos contra exploração “predatória” da natureza

O Papa e vários outros líderes religiosos de todo o mundo assinaram em Roma um apelo conjunto pela paz, que rejeita a violência e o fundamentalismo em nome de Deus, defende um processo de desarmamento que trave o comércio de armas e elimine a ameaça nuclear e pede o respeito do planeta, da natureza e das criaturas, contra a sua exploração “predatória”.

Funeral em Lisboa

O papel de Feytor Pinto na mudança social

O padre Vítor Feytor Pinto “foi um exemplo magnífico” das propostas do Concílio Vaticano II no sentido de uma relação “muito activa Igreja-mundo, em que as comunidades cristãs longe de estarem fechadas sobre si próprias se transformam como lugar de encontro e proposta”, disse o patriarca de Lisboa.

Vítor Feytor Pinto (1932-2021)

O grande organizador e formador, envolvido na “ternura maravilhosa de Deus que nos acolhe”

Organizador de várias estruturas, insistia na ideia da formação como essencial para a intervenção dos cristãos na sociedade. Optimista, afirmando o lado bom da vida, foi uma das personalidades destacadas na Igreja Católica em Portugal, nas últimas décadas. Jovens, saúde, visita do Papa, secularização, droga e uma das grandes paróquias de Lisboa foram vários dos seus campos de acção. O padre Vítor Feytor Pinto morreu nesta quarta-feira aos 89 anos. Dizia-se envolvido na “ternura maravilhosa de Deus que nos acolhe”. 

Inquérito 7MARGENS sobre o Sínodo

1036 vozes que querem ser ouvidas

O inquérito lançado pelo 7MARGENS aos seus leitores obteve mais de mil respostas, ultrapassando as nossas melhores expectativas. A partir desta sexta-feira, 8, começaremos a divulgar a análise das 1036 respostas válidas. Para já, cumpre agradecer a todos os que nos leem e que, antecipando-se a qualquer outra consulta no âmbito do Sínodo que o Papa Francisco abrirá no próximo sábado, se manifestaram preparados e interessados em participar nesse processo de reflexão.

25 anos do Nós Somos Igreja: Transformação 

Para dar a conhecer, aqui vai um bom motivo de celebração, de memória, de data a saber que existiu e é bom que tenha existido. Festejamos no dia 12 de outubro os 25 anos do Movimento Nós Somos Igreja – Portugal. Nós, Povo de Deus, os batizados, que somos Igreja, na diversa e universal aceção de o ser.

JMJ 2023, a terceira ponte de Lisboa

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023, que irá realizar-se em Lisboa, é a possibilidade concreta da construção de uma ponte multidimensional, com início em Lisboa e com destino à humanidade. Uma ponte que culmine realmente no seu propósito de ligar margens e não meramente de uma bonita foto de postal, uma ponte que não exclua ninguém apenas por alguém estar numa “ilha”.

Juventude jesuíta em pré-JMJ

MAGIS 2023 também já tem data, 10 dias antes da JMJ

Antes de cada Jornada Mundial Juventude, tem vindo a ser hábito que a Companhia de Jesus promova um encontro da juventude ligada aos jesuítas de todo o mundo, o MAGIS, como forma de preparar a participação dos seus jovens na JMJ. Lisboa não será exceção, e a Província Portuguesa anunciou já que, de 22 a 31 de julho, Portugal vai encher-se de jovens inacianos. 

No espírito da “Laudato Sí’”

JMJ 2023 quer ser ecológica e ajudar a criar “um novo parque verde”

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 quer deixar, antes de mais “um legado muito Laudato Si’: quisemos que qualquer investimento para o espaço fosse um investimento ecológico”. Um “novo parque verde” nascerá do lugar onde se desenrolam os actos principais da JMJ, garante o responsável da organização, o bispo auxiliar de Lisboa, Américo Aguiar.

Nomeações no Vaticano

Papel das mulheres na Igreja: serão os elogios ao Papa realmente justificados?

As recentes nomeações de teólogos de todo o mundo para a Comissão Teológica Internacional, da iniciativa do Papa Francisco, contrariam a “boa imprensa” de que ele goza quanto à promoção do papel da mulher na vida da Igreja Católica, segundo o editor do La Croix Internacional, Robert Mikens. Há padres a mais e poucas mulheres. “O número de posições de primeiro plano para mulheres não é significativo. É marginal.”

Sínodo católico alemão

Caminhos para a Igreja, respostas para a Alemanha

“Buscamos caminhos para a Igreja nos tempos de hoje e procuramos respostas aos desafios concretos no nosso país” – estas palavras da proposta de preâmbulo dos documentos sinodais resumem bem o horizonte e os parâmetros com que os responsáveis do Caminho Sinodal da Igreja Católica na Alemanha querem conduzir este processo. Os temas tratados dizem respeito a toda a Igreja, as respostas aos desafios concretos são para aplicar em primeiro na Igreja na Alemanha.

Com transmissão a partir de Assis

Portugal une-se a mais um evento global da Economia de Francisco

O evento global anual da Economia de Francisco acontece este sábado, 2 de outubro, no Palácio Monte Fumentário, em Assis (Itália), a partir de onde será transmitido, através do canal da iniciativa no Youtube. Este evento antecede o encontro com o Papa marcado para o Outono de 2022 na mesma cidade, e visa promover a partilha do caminho percorrido desde o dia em que Francisco lançou o desafio para esta nova Economia.

Covid-19

Bispos abrandam limites nas igrejas e Fátima convida peregrinos

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) decidiu abrandar “de forma ponderada os distanciamentos e os limites impostos à lotação das nossas igrejas”, mantendo no entanto “as outras medidas de proteção — higienização das mãos e uso da máscara” — relativas ao combate contra a pandemia da covid-19. 

Mensagem ao Conselho da Europa

“Não há tempo para esperar, é preciso agir” contra emergência climática, diz o Papa

O Papa Francisco considera que “já não há tempo para esperar, é preciso agir” em relação à emergência climática, que será tema central da COP-26, a realizar em Glasgow (Escócia), em Novembro. “Qualquer instrumento que respeite os direitos humanos e os princípios da democracia e do estado de direito, que são valores fundamentais do Conselho da Europa, pode ser útil para enfrentar este desafio global”, escreveu o Papa na sua mensagem aos participantes no Encontro de Alto Nível da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa.

Como vai a “saúde” na Igreja?

No passado dia 14 de setembro, foi inaugurada a Faculdade de Medicina da Universidade Católica. Ao acto foi dada a maior importância e solenidade. E não era caso para menos. Para além das autoridades da universidade e de inúmeras entidades e instituições convidadas estiveram, também, presentes o sr. primeiro-ministro, o sr. ministro do Ensino Superior e o sr. magno chanceler da Universidade (cardeal-patriarca de Lisboa).

Sondagem de setembro

Maioria dos franceses não acredita em Deus

A maioria dos franceses não professa nenhuma religião nem acredita em Deus. É a primeira vez que uma sondagem de âmbito nacional chega a esta conclusão. O inquérito nacional foi encomendado pela Associação de Jornalistas de Informação Religiosa ao instituto de sondagens IFOP e mostra que apenas 49% dos franceses confessa acreditar em Deus.

Manuel Martins, um precursor da Sinodalidade

Escrevo a propósito da partida deste mundo há quatro anos, que se completam hoje mesmo, dia 24, do bispo Manuel Martins. Há seres humanos que não deveriam morrer. Não por eles, mas por nós. Contrariamente ao que é vulgar dizer-se, são mesmo insubstituíveis. A propósito, evoco também a memória de um outro que nos deixou no passado dia 2 de setembro.

Inquérito sobre o Sínodo

Escutar todos, com horizontes para lá das “fronteiras” da Igreja

O Papa observava, no encontro sinodal com a sua diocese de Roma, no último sábado, 18, que escutar não é inquirir nem recolher opiniões. Mas nada impede que se consultem os cristãos sobre as “caraterísticas e âmbito” que “entendem dever ter a escuta que as igrejas diocesanas são chamadas a realizar, desde 17 de outubro próximo até ao fim de março-abril de 2022. Era esse o terceiro ponto da consulta feita pelo 7Margens, cujas respostas damos hoje a conhecer.

João Lavrador deixa Açores para Viana

A dança dos bispos continua em Leiria e Braga

Com a escolha de João Lavrador para a sede vacante de Viana fica agora Angra sem bispo. Mas Braga já está à espera de sucessor há dois anos, enquanto em Leiria se perspectiva a sucessão talvez até final do ano. Há bispos que querem sair de onde estão, outros não querem alguns para determinados sítios. “Com todas estas movimentações, é difícil acreditar que a nomeação de um bispo seja obra do Espírito Santo”, diz um padre.

Líbano tem novo Governo

Líbano: Siro-católicos dizem-se marginalizados

O novo Governo do Líbano, liderado pelo muçulmano sunita Najib Mikati, obteve nesta segunda-feira, 20 de setembro, o voto de confiança do Parlamento. A nova estrutura de Governo reflete na sua composição a variedade do “mosaico” libanês, nomeadamente do ponto de vista das diversas religiões e confissões religiosas, mas os siro-católicos dizem ter sido marginalizados.

Em ano Xacobeo

‘Caminho Minhoto Ribeiro’ reconhecido pelos arcebispos de Braga e Santiago

A cidade de Braga foi palco, nesta sexta-feira, 17, da declaração oficial de reconhecimento do Caminho Minhoto Ribeiro por parte dos arcebispos de Braga e de Santiago de Compostela, depois de esse processo ter decorrido já por parte das autarquias do lado português e galego. Na conferência que decorreu em Braga, cidade que é ponto de partida dos dois itinerários que compõem este Caminho, foi igualmente feita a apresentação da investigação documental que fundamenta este novo percurso, a cargo do professor e historiador galego Cástor Pérez Casal.

Caminhar juntos, lado a lado, na mesma direcção

Vem aí o Sínodo, cuja assembleia geral será em outubro de 2023, já depois da Jornada Mundial da Juventude, a realizar em Lisboa, no verão anterior. O tema é desafiante: Para uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão. O documento preparatório veio a público a 7 de setembro e lança as bases de um caminho a percorrer juntos.

Papa regressou da Eslováquia

Vacinas, negacionistas, aborto e uniões homossexuais – e a missão de “proximidade” dos bispos

O aborto é homicídio, mas os bispos têm de ser próximos de quem defende a sua legalização; os Estados devem apoiar as uniões de pessoas do mesmo sexo, mas a Igreja continua a considerar o sacramento do matrimónio apenas entre um homem e uma mulher; e as vacinas têm uma “história de amizade” com a humanidade, não se entendem por isso os negacionismos. Palavras do Papa a bordo do avião que o levou da Eslováquia de regresso a Roma.

Enredado em movimentos tradicionalistas

Ator Mel Gibson cada vez mais contra a Igreja e o Papa

São visíveis na Igreja Católica dos Estados Unidos da América, em especial nos últimos anos, movimentações de setores conservadores e tradicionalistas que, embora não assumindo o cisma, se comportam objetivamente como cismáticos. São numerosas as organizações que contam com o apoio de figuras de projeção mediática e que ostensivamente denigrem o Papa e uma parte dos bispos do seu país. Um nome aparece cada vez mais como elemento comum e de suporte: Carlo Maria Viganò, o arcebispo que foi núncio em Washington e que exigiu, em 2018, a demissão do Papa Francisco. Mais recentemente, outra figura de grande projeção pública que vem surgindo nestas movimentações é a do ator e realizador Mel Gibson.

Penúltimo dia na Eslováquia também com jovens

O Papa com os ciganos: “Pôr as pessoas em guetos não resolve nada”

O Papa Francisco esteve na tarde desta terça-feira com os ciganos do bairro de Luník IX, em Košice (Eslováquia), afirmando que “colocar as pessoas em guetos não resolve nada”. Diante de cerca de cinco mil ciganos que vivem em condições miseráveis, sem água, corrente, ouz ou gás, o Papa afirmou: “Muitas vezes fostes objecto de preconceitos e juízos cruéis, estereótipos discriminatórios, palavras e gestos difamatórios. Com isso, todos ficamos mais pobres, pobres em humanidade.”

A novela do bispo Novell

O abandono de um bispo do seu ministério pastoral é tão atípico que nem está prevista a sua secularização na lei fundamental da Igreja Católica, o Código de Direito Canónico. No cânone nº 290 §3, legisla-se sobre a perda do estado clerical dos diáconos, em casos graves, e dos presbíteros em casos gravíssimos – mas dos bispos nada se diz.

Com judeus na Hungria e Eslováquia

Francisco apela a educação para a fraternidade

A denúncia da invocação do nome de Deus para atos desumanos; o alerta para o facto de o anti-semitismo continuar à espreita na Europa e o apelo a uma educação para a fraternidade são os aspetos mais salientes dos dois primeiros dias da viagem apostólica do Papa Francisco, que incluiu a escala de sete horas para encerrar o Congresso Eucarístico Internacional em Budapeste (Hungria) e, desde domingo ao final do dia, a visita pastoral à Eslováquia.

Funeral do antigo Chefe de Estado

Os “valores cristãos” de Jorge Sampaio, segundo o patriarca de Lisboa

Os valores que o Presidente Jorge Sampaio viveu na sua vida pública eram “com certeza” valores “essencialmente cristãos”, disse o cardeal-patriarca de Lisboa, a propósito da acção política do antigo Presidente da República. Sábado ao final da manhã, na fila no meio de outros cidadãos para velar o corpo de Sampaio, o patriarca disse, em declarações à RTP, que os princípios da “solidariedade, atenção a todos, sobretudo os mais pobres, os mais excluídos, e a preocupação não apenas pelo que está próximo” mas também por quem está mais longe, “tudo isso é essencialmente cristão”.

Visita à Hungria e Eslováquia

Papa enfrenta teste à saúde e à diplomacia no centro do populismo xenófobo europeu

Num dos pontos altos da viagem à Eslováquia, o Papa visita a minoria cigana num bairro onde não há água, nem luz nem gás. Será um recado também para a Hungria vizinha, que Francisco visita neste domingo durante sete horas. A política anti-imigração dos dois países será um teste à diplomacia, mas a própria viagem é um teste à saúde de Francisco, depois da intervenção cirúrgicas a que foi submetido há dois meses. 

Apresentação na Feira do Livro de Lisboa nesta quinta, 9

A médica e mística cuja obra influenciou um dos maiores teólogos do século XX

Foi uma das primeiras mulheres suíças a ser médica; nasceu protestante mas aos 38 anos tornou-se católica; pensou duas vezes no suicídio e acabou a ser considerada mística; escolheu como director espiritual o teólogo Hans Urs von Balthasar, considerado um dos maiores teólogos do século XX, mas este escreveu que a obra dela era “bastante mais importante do que” a sua própria.

Depois de Angola e Polónia

Símbolos da JMJ iniciam peregrinação pelas dioceses de Espanha

Dez jovens da diocese da Guarda irão entregar este domingo, 5 de setembro, os símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) aos jovens da diocese de Ciudad Rodrigo (Espanha), local onde terá início a peregrinação dos mesmos pelas dioceses espanholas. O encontro acontecerá na fronteira de Vilar Formoso, pelas 11h, e será seguido de uma celebração de acolhimento na Paróquia de Maria Auxiliadora, em Fuentes de Oñoro, divulgou o gabinete de imprensa da JMJ Lisboa 2023, em comunicado enviado às redações.

Igreja está-lhe "profundamente grata"

Acácio Catarino, o homem que colocou o bem comum acima de tudo, sempre

Liderou a Cáritas Portuguesa ao longo de 17 anos, foi presidente do Concelho Nacional para a Promoção do Voluntariado, esteve à frente da Comissão Coordenadora Nacional das Semanas Sociais, pertenceu à Comissão Nacional Justiça e Paz e a várias instituições sem fins lucrativos e grupos de trabalho de âmbito social e cooperativo. O “currículo” de Acácio Catarino dificilmente caberia numa notícia, mas todos os cargos que desempenhou e todos os projetos que desenvolveu se poderiam resumir a uma só missão: a busca do bem comum. Faleceu esta quinta-feira, aos 86 anos, vítima de doença prolongada, tendo manifestado a intenção de doar o corpo para a investigação científica.

Faleceu aos 92 anos

A “Madre Teresa” portuguesa que deixou de ser freira, mas dedicou a vida aos que mais precisavam

“Só há que ter medo de não fazer o outro feliz” e “cada um de nós pode fazer muito mais por quem precisa”. Duas frases de Teresa Granado que resumem e explicam uma vida dedicada aos pobres, aos reclusos, aos mais frágeis e necessitados, e sobretudo às crianças e adolescentes vítimas de maus tratos e abandonados. Mare Teresa, como era conhecida, fundadora da Comunidade Juvenil de São Francisco de Assis, em Coimbra, faleceu esta segunda-feira, 30 de agosto, aos 92 anos, na sequência de um AVC. 

Indonésia

Mesquita e Catedral de Jacarta unidas por um túnel, em sinal de paz e tolerância

A partir do mês de setembro, a Mesquita Istiqlal e a Catedral de Nossa Senhora da Assunção, em Jacarta, terão a uni-las um túnel subterrâneo. Situados a apenas 200 metros de distância um do outro, os dois locais de culto passarão a estar efetivamente ligados, constituindo “um símbolo das boas relações entre diferentes comunidades religiosas”, afirmou o vice-presidente do país, Kiai Hajj Ma’ruf Amin, citado pela Asia News.

Birmânia

Cardeal Bo acusa líderes de falharem nas suas responsabilidades

O cardeal Charles Bo, presidente da Conferência Episcopal Católica da Birmânia, afirmou este domingo, 29 de agosto,  durante a homilia da missa que celebrou na Catedral de Santa Maria (Rangum), que os “líderes” do país “falharam nos seus papéis e responsabilidades”, ao colocar as leis e regulamentos da sua “cabeça” à frente do “coração” do povo.

Bangladesh

Católicos plantam um milhão de árvores no espírito da Laudato Si’

O desafio foi lançado há um ano e está quase cumprido: plantar um milhão de árvores para assinalar o Ano Laudato Si’ e o 50º aniversário da independência do Bangladesh, noticiou a agência Fides. O programa para a reflorestação tem sido dinamizado pela igreja católica do país, que conta  com apenas 400 mil fiéis numa nação de mais de 165 milhões de pessoas.

Com bispo como vice-presidente

Mulher leiga preside à comissão organizadora do Sínodo da Igreja da Irlanda

Os bispos católicos da Irlanda nomearam uma mulher leiga para dirigir a realização do sínodo nacional da Igreja daquele país, que decorrerá até 2026. A escolha da conferência episcopal recaiu sobre Nicola Brady, atualmente com responsabilidades em vários domínios, sendo secretária-geral do Conselho das Igrejas da Irlanda e co-secretária do Encontro Inter-Igrejas Irlandês, além de diretora de duas instituições ligadas ao trabalho de reconciliação  de comunidades que passaram por experiência de guerras.

Afeganistão duas décadas depois

Líderes religiosos e políticos falam de vergonha e solidariedade

A propósito da situação que se vive no Afeganistão, o cardeal Jean-Claude Hollerich, arcebispo de Luxemburgo e presidente da Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia (COMECE), disse no dia 25 de agosto, em entrevista à agência católica de notícia SIR (italiana): “Sinto-me envergonhado. Que vergonha para a Europa e para o Ocidente! Falamos muito sobre valores, mas onde estão os nossos valores no Afeganistão agora?”

Política de imigração

Bispos criticam decisão do Supremo americano

“Com esta decisão, a situação vai piorar. Ela não foi tomada tendo em conta o bem das pessoas. É muito trágico”, comentou o arcebispo de San Antonio no Texas (EUA), Gustavo García-Siller, a propósito de o Supremo Tribunal de Justiça ter reposto em vigor legislação da administração Trump que obriga quem solicita asilo a aguardar fora das fronteiras do país pela resposta ao seu pedido.

Mais de um ano após ter sido criada

Comissão para o estudo do diaconado feminino reúne pela primeira vez

A nova comissão para o estudo do diaconado feminino na Igreja Católica, cuja criação foi anunciada pelo Papa Francisco em abril de 2020, irá reunir-se pela primeira vez no próximo mês de setembro. A notícia deste encontro, que acontece nas vésperas do arranque de um processo sinodal em que se refletirá sobre diferentes aspetos da Igreja (entre eles, seguramente o papel das mulheres), foi avançada esta segunda-feira, 23, pelo jornal The Tablet.

Salesianos em Istambul

Novo centro social para aliviar dificuldades dos imigrantes

Kolay gelsin quer dizer “boa sorte” em turco, mas literalmente significa “que te seja leve”. É este alívio que os Salesianos do Vicariato Apostólico de Istambul pretendem oferecer aos imigrantes com a construção de um novo centro social em Evrim. A Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) já se comprometeu a apoiar a iniciativa.

Maioria criada por Francisco

Conclave teria hoje 122 cardeais eleitores

São 122 os cardeais eleitores que se reuniriam hoje em Roma caso tivesse lugar um Conclave para eleger um novo Papa. Este número, apurado pelo blogue italiano Il Sismografo, não inclui o cardeal Giovanni Angelo Becciu (73 anos), alvo de um processo de inquérito, a quem o Papa Francisco retirou os direitos e prerrogativas de eleitor no passado dia 27 de setembro.

Ao lado dos sem-abrigo em São Paulo

Padre Lancellotti ganha prémio Zilda Arns

O padre Júlio Lancellotti, da pastoral do Povo da Rua da arquidiocese de São Paulo, vai receber o prémio Zilda Arns de Direitos Humanos de 2021, como reconhecimento pelo seu trabalho “em benefício da população em situação de rua” e pela sua atividade em defesa dos “direitos humanos”, anunciou no dia 19 de agosto a Câmara de Deputados do Brasil.

Meio milhão de euros

AIS aprovou ajuda de emergência para o Haiti e pede apoio

A fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) aprovou uma ajuda de emergência de 500 mil euros para a população do Haiti, após o terramoto de magnitude 7,2 na escala de Richter que há uma semana atingiu sobretudo o sul do país e cujo balanço já vai em mais de dois mil mortos, cerca de 12 mil feridos e mais de 115 mil casas destruídas. 

Cécile Renouard

A religiosa que silenciosamente iniciou uma revolução ecológica

Cécile Renouard é uma religiosa da Assunção que há muito faz das preocupações ambientais o seu modo de vida e de fé. Em 2017, na sequência dos seus trabalhos e parcerias com empresas, organizações não-governamentais e agências de desenvolvimento, fundou o chamado Campus da Transição, que pretende ajudar as pessoas a encontrar maneiras mais sustentáveis de viver e interagir.

alegria como finalidade, porque sim

breve comentário aos textos bíblicos lidos em comunidade | Maria, em Dies Natalis | Lisboa, 15 de Agosto de 2021. António Pedro Monteiro https://open.spotify.com/episode/0A4iaekHXT2nd8y7bApkFc?si=E3A_04ObT1uzdPoGf1Md7g&dl_branch=1

Ensaio

É preciso transver o mundo

A vida marginal de Jesus nasce da sua experiência de vida entre os últimos. É a partir do que é mais frágil que ele olha o mundo. Também daí nasce a sua visão sobre um Deus que faz chover sobre justos e injustos e que tem um olhar preferencial para o pobre e o pecador, um Deus que não apaga a torcida que ainda fumega ou que não quebra a cana já fendida. Na origem do convite para uma vida marginal não está uma adesão ideológica, senão uma experiência que liberta a vida.

Setor do vestuário

Igreja asiática deve colocar-se ao lado dos trabalhadores pobres

A Igreja na Ásia deve unir-se às lutas das pessoas pobres que foram abandonadas pelos governos e pelas grandes empresas internacionais de vestuário. “A indústria de vestuário com mão-de-obra intensiva na Ásia passou por tempos difíceis, depois de ter sido deixada por marcas e retalhistas internacionais”, proporcionando agora uma oportunidade à Igreja Católica para se colocar ao lado “de mais de 65 milhões de trabalhadores pobres”.

França

O assassinato do padre Olivier Maire e a fidelidade ao Evangelho

O carácter excepcional do padre Olivier Maire, cujo funeral se realiza esta sexta-feira, 13 de Agosto, tem sido amplamente sublinhado desde que se tornou pública a notícia do seu assassinato, na segunda-feira, por Emmanuel Abayisenga, um emigrante ruandês de 40 anos. O padre Olivier Maire, provincial dos Missionários Monfortinos em Saint-Laurent-sur-Sèvre, no departamento de Vendée, acolhera-o, mesmo sendo o principal suspeito pelo incêndio na catedral de Nantes, no noroeste da França, em Julho de 2020.

Uma teóloga leiga no Sínodo

“Estamos a arriscar o futuro da Igreja e a sua credibilidade no curto prazo”

Cristina Inogés-Sanz, teóloga leiga que foi nomeada pelo Vaticano para a Comissão Metodológica do Sínodo dos Bispos, defende que a Igreja vive um “momento histórico forte”, em que arrisca o seu futuro e credibilidade. “Ir apertando a corda é uma situação em que as mulheres têm uma certa prática, principalmente as teólogas da Igreja, porque em princípio, ou melhor, por princípio, não somos ouvidas e quando somos, somos questionadas.”

Mpilenhe Pearl Sithole

Professora sul-africana nomeada para a Academia de Ciências Sociais do Vaticano

Mpilenhe Pearl Sithole, professora da Universidade do Estado Livre, Campus Qwaqwa, Phuthaditjhaba, África do Sul, foi nomeada pelo Papa Francisco como membro ordinário da Pontifícia Academia de Ciências Sociais. Foi premiada em 2011 com o Prémio Mulheres na Ciência pelo Departamento de Ciência e Tecnologia da África do Sul, pelo trabalho desenvolvido como cientista social.

Angelus

“O pão da vida” é também “o ‘pão’ de emprego”, afirma o Papa

Uma afirmação de Jesus – “Eu sou o pão da vida” – inspirou a meditação do Papa Francisco no Angelus deste domingo, dia 8, na Praça São Pedro. Francisco incentivou uma reflexão sobre o que significa “o pão da vida”. Os “que têm fome não pedem comida refinada e cara, pedem pão”, recordou o Papa, acrescentando que “os desempregados não pedem salários enormes, mas sim o ‘pão’ de um emprego”.

Moçambique

Missionários bracarenses partem para Cabo Delgado no dia 15 de Agosto

A cooperação entre a diocese de Braga e a de Pemba, em Moçambique, será reforçada no próximo dia 15 de Agosto com a partida de dois missionários bracarenses, Fátima Castro, leiga, e António Faria, sacerdote. Além do envio de missionários, a arquidiocese bracarense recolhe e envia regularmente fundos que servem para auxiliar o povo de Cabo Delgado. Neste momento, há dois contentores carregados, sobretudo, com instrumentos de trabalho agrícolas, necessários, mas difíceis de adquirir.

"Rumo a um Nós cada vez maior"

Semana Nacional das Migrações de 8 a 15 de agosto

A 49ª Semana Nacional de Migrações realiza-se de 8 a 15 de agosto, sob o tema «Rumo a um nós cada vez maior». O ponto alto, como habitual, é a Peregrinação Internacional Aniversária de agosto, que será presidida pelo Cardeal Jean-Claude Höllerich, do Grão Ducado do Luxemburgo e Presidente da COMECE (Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia).

Gente com História

Sara Poças: Da escola à cooperação para o desenvolvimento

Esteve em Angola e na Guiné-Bissau, onde trabalhou na área educativa, ajudando a formar professores e apoiando a administração escolar. Regressada a Portugal, deu aulas durante um ano, o que lhe permitiu compreender que a “educação formal” não era a “praia” que desejava. Sara Poças, coordenadora do Centro Missionário da Arquidiocese de Braga (CMAB), fala, nesta entrevista, sobre o percurso que a conduziu à cooperação para o desenvolvimento.

7MARGENS divulga estudo de Frei José Nunes, O.P.

Missões cristãs nas colónias de África: submissão e resistência ao colonialismo português

“Durante o Estado Novo, a Igreja conheceu momentos de grande entendimento e submissão ao poder colonial, mas também assumiu posturas críticas de profundo distanciamento das políticas governamentais”. É esta a principal conclusão de um estudo do frade dominicano José Nunes, que foi a base de uma conferência por ele proferida recentemente na Universidade do Minho, com o título “As missões cristãs nas colónias portuguesas de África: submissão e resistência ao colonialismo durante o Estado Novo”.

No Angelus

Não a uma fé interesseira e milagreira, apelou o Papa Francisco

“Entre as muitas tentações, que temos na vida, há uma que poderíamos chamar tentação idólatra. É a que nos leva a buscar a Deus para o nosso uso e consumo, para resolver problemas, para ter, graças a Ele, o que não podemos obter por nós mesmos. Por interesse nosso”, alertou este domingo o Papa Francisco no Angelus.

Em causa transformação em mesquita

Turquia arrisca conflito com Unesco por causa de Hagia Sophia

O Comité do Património Mundial da UNESCO não concorda com a decisão do governo turco de transformar a igreja de Hagia Sophia, em Istambul, e o mosteiro de Chora em mesquitas. Na sua 44ª sessão, de 23 de julho de 2021, o órgão, que representa 21 países, lamentou a decisão da Turquia, apesar dos repetidos apelos para salvaguardar sua condição de museu aberto a todos (no país existem 82.603 mesquitas e apenas 438 museus, 91 dos quais na cidade do Bósforo).

Reorganização pastoral na Suiça

Leigos assumem responsabilidades pastorais na diocese de Lausanne, Genebra e Friburgo

Uma pequena revolução eclesial está actualmente a ocorrer na Diocese Católica de Lausanne, Genebra e Friburgo (LGF), na Suíça. Provavelmente não teria acontecido tão cedo sem a Covid-19 como rastilho. “A pandemia precipitou uma situação que eu só esperava ver daqui a 20 ou 30 anos: igrejas vazias, às quais muitos dos fiéis não voltam, e um catolicismo que muitas vezes já não «diz» nada às pessoas”, explica o Bispo Charles Morerod, líder desta diocese de maioria francófona com pouco mais de 700.000 membros.

Monumento e jardim aberto ao público

Capela dos Coimbras, aberta ao público, quer ser “ex-líbris” de Braga

A capela privada mais antiga de Braga, localizada no centro histórico da cidade e que está classificada como monumento nacional, abriu ao público esta quarta-feira, 28 de julho. Os seus proprietários querem torná-la um ponto de paragem obrigatório de Braga, “quer pelo valor patrimonial e artístico que encerra, quer pelo seu jardim com esplanada, onde a partir de agora é possível usufruir do espaço, assistir a concertos e outras iniciativas culturais ou tomar alguma refeição ligeira.

Solução interministerial para apoiar as famílias

Presidente da Cáritas defende que a “crise social ainda não chegou”

Rita Valadas, presidente da Cáritas portuguesa, afirmou, em entrevista à Rádio Renascença e ao jornal Público, que “a crise social ainda não chegou” no que toca aos efeitos da pandemia. “O tempo da crise social é sempre diferente do tempo da crise económica. A situação das pessoas só começa a ser visivelmente crítica quando as empresas que lhes pagam o salário não conseguem manter o emprego. E só quando o subsídio de desemprego acaba, sem que a economia tenha feito uma retoma, é que as pessoas caem em crise”, considerou.

Lançamento

Um livro para entender o imaginário católico de Sting

Evyatar Marienberg, historiador da religião na Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, escreveu um livro sobre a imaginação católica de Sting e de como ela alimentou a sua criatividade. Antes de ser quem é na cena do rock internacional como o principal compositor e vocalista do Police, Sting (nascido Gordon Sumner em 1951) cresceu na cidade de Wallsend, Inglaterra, e frequentou escolas católicas. Recebeu o Crisma aos 14 anos e casou-se com sua primeira esposa na Igreja Católica aos 25 anos.

Cabo Delgado, Moçambique

Ajuda humanitária não pode ser “indústria do sofrimento”

Crescem as dificuldades humanitárias em Cabo Delgado, Moçambique. Agora é o administrador apostólico, D. António Juliasse Sandramo, que vem alertar para o perigo de criação de “uma indústria do sofrimento” que “dissipa” a ajuda humanitária. “Quando há situações de sofrimento, pode ser criada uma indústria do sofrimento, que se aproveita do sofrimento do povo”, afirmou Sandramo.

Dia Mundial dos Avós e dos Idosos

Papa destaca importância de quem acompanha os mais idosos e frágeis

O Papa evoca o sofrimento dos mais velhos durante a pandemia, na mensagem para o I Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, que a Igreja Católica vai celebrar este domingo. “A pandemia foi uma tempestade inesperada e furiosa, uma dura provação que se abateu sobre a vida de cada um, mas a nós, idosos, reservou-nos um tratamento especial, um tratamento mais duro”, escreve Francisco, de 84 anos.

Dia dos Avós

Papa quer aliança de jovens e idosos e JMJ sugere gestos de aproximação entre gerações

Os idosos são necessários e o “futuro do mundo está nesta aliança entre os jovens e os idosos”, diz o Papa Francisco na sua mensagem para o Dia dos Avós, que a Igreja Católica assinala neste domingo, 25 de Julho, na véspera do dia em que celebra a memória litúrgica de Santa Ana e São Joaquim, que a tradição aponta como avós de Jesus. Para simbolizar essa aliança, a organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 convida os jovens a terem um gesto de aproximação aos idosos e aos avós.

Bispo de Díli já pediu

Uma universidade católica para breve em Timor

Uma universidade católica pode nascer dentro de poucos meses – três a seis – se o Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESCC) der luz verde ao pedido apresentado pelo Instituto Religioso Católico, da arquidiocese de Díli. Essa é, pelo menos, a garantia dada por um funcionário governamental citado pelo Vatican News nesta quarta-feira, 21 de Julho.

Mulheres na mudança

Duas leigas espanholas nomeadas para comissões do Sínodo

Duas leigas espanholas foram nomeadas para participarem nos trabalhos preparatórios do Sínodo dos Bispos de 2023: Carmen Peña García, professora de direito canónico, vai integrar a comissão de teologia e Cristina Inogés, formada em teologia pela Faculdade de Teologia Protestante de Madrid, fará parte da comissão de metodologia.

Pin It on Pinterest

Share This