Jesus de Nazaré

    Era uma vez uma noite fria de Dezembro. Uma noite alta, negra e fria, muito, muito fria. A povoação dormia, silenciosa e aconchegada. Nas ruas desertas, apenas uma jumentinha que carregava uma mulher muito jovem e muito bonita. À arreata, um varão de...

Pin It on Pinterest