Alberto Teixeira

Uma Teofania nos corações humanos

  A Epifania é celebrada pelas Igrejas Ortodoxas a 6 de Janeiro no calendário Juliano (19 no calendário Gregoriano), 12 dias após a Festa do Natal. A banalização da festa do Natal inscreveu-a no imaginário do espírito humano, sobrevalorizando-o e operando a sua dessacralização em detrimento do Espírito de Deus. O espírito humano, afastou-se...

A luz que triunfa sobre as trevas – Natal na tradição ortodoxa

  O Natal, na ortodoxia, celebra-se a 25 de Dezembro do calendário juliano, que no calendário civil (gregoriano) em uso corresponde a 7 de Janeiro. A escolha desta data para celebrarmos o nascimento de Jesus o Cristo não tem fundamento histórico, existindo notícia de que a Natividade já se celebrava com alguma relevância no século III, junto...

O simbólico da Trindade na liturgia ortodoxa

As Igrejas Ortodoxas celebram a festa de S. João Crisóstomo no dia 26 de Novembro (dia 13 do mesmo mês, no calendário juliano). Nascido em Antioquia (viveu entre 347-407), esteve sujeito aos vexames dos partidários de Arius e, em rotura com a Igreja Egípcia, assimilou contradições culturais, conservando independência de espírito. Exprimiu-se...

Sobre o canto da Festa da Natividade de Maria Mãe de Jesus

  A Igreja Ortodoxa celebra no próximo dia 21 de Setembro (8 de Setembro no calendário juliano), a importante Festa à toda Venerável e Santa Maria Mãe de Jesus, que está entre os primeiros dias do ano litúrgico. O músico ortodoxo Richard Barret publicou um estudo muito interessante sobre o tropário da Festa da Natividade de Maria Mãe de...

São Paulo e os Apóstolos

Algumas referências breves para o estudo da relação de Paulo com os outros Apóstolos, na diversidade ecuménica dos primeiros tempos, no contexto da celebração da sinaxe – encontro – dos Apóstolos Pedro e Paulo, que se celebra a 29 de Junho e na data equivalente do calendário juliano (12 de Julho).   Alguma coisa se passou a caminho de...

Pin It on Pinterest