Jorge Wemans

Diários de quarentena (40): Uma pequena deceção

Diários de quarentena (40): Uma pequena deceção Uma pequena deceção Tomei o Tomo 2 do Volume IV (Os Livros Sapienciais) da Bíblia traduzida por Frederico Lourenço (FL) com elevada expetativa sobre os salmos reescritos por ele. Apesar de se estar a rir para mim desde o último Natal, ainda não lhe tinha pegado. Pensei que este tempo de recolhimento...

Diários de quarentena (33): Registar o tempo que passa

Diários de quarentena (33): Registar o tempo que passa Dizem os historiadores que a Guerra da Secessão (1861-64) é a primeira sobre a qual se sabe muito, se pode investigar e conhecer imenso. Porquê? Porque, ao contrário do que se passara em anteriores conflitos, nela muitos soldados e baixas patentes sabiam escrever. E escreveram. Diários,...

Diários de quarentena (10): E nós aqui tão perto

Diários de quarentena (10): E nós aqui tão perto E nós aqui tão perto Depois de jantar, quando não há ninguém nas ruas, saio e vou até ao jardim público. Procuro não tocar em nada. Caminho durante meia hora. Cruzo-me à distância com três ou quatro pessoas. Cumprimentos com acenos de cabeça, cada qual numa borda do passeio. Um rente às casas,...

Diários de quarentena (1) – É agora o tempo

Diários de quarentena (1) – É agora o tempo   Estamos a viver uma época extraordinária. Um tempo único. Convém não o encher de coisas ordinárias. No futuro, não poderemos olhar para este tempo apenas como um tempo cinzento em que nada de notável nos aconteceu, para além do confinamento domiciliário sobressaltado por tristes notícias....

Sempre mais sós (Debate Eutanásia)

Sempre mais sós (Debate Eutanásia)   Reli várias vezes o artigo de opinião de Nuno Caiado publicado no 7MARGENS. Aprendi alguns aspetos novos das questões que a descriminalização da eutanásia ativa envolve. Mas essa aprendizagem não me fez mudar de opinião. Ao contrário do autor, não creio que a questão central da eutanásia agora em...