Jorge Wemans

A pandemia do nosso descontentamento

  O segundo ano da pandemia de covid-19 (mais de 5,5 milhões de mortos em 22 meses) pôs em evidência as desigualdades entre países no acesso às vacinas, aos tratamentos e à capacidade de combater o vírus e as suas consequências. Aprofundou as desigualdades económicas entre as nações e entre pobres e ricos dentro da mesma comunidade. Mostrou...

Arcebispo de Rangum apela ao diálogo pacífico

  O brutal massacre de 38 pessoas na vila de Mo So, no estado de Kaya, levado a cabo na véspera de Natal pelas tropas da Junta que governa Mianmar (Birmânia) levou o cardeal Charles Maung Bo, arcebispo de Rangum, a divulgar no dia 26 de dezembro um apelo ao Governo e às forças da oposição para que ponham termo à violência e iniciem um...

Igreja exige “maior rigor” e mais dados à lista do “El País”

  “Faltam nomes de acusados, datas em que os abusos tiveram lugar e a indicação se se referem a pessoas já falecidas”, lê-se, segundo notícia do Religión Digital hoje, 20 de dezembro, numa nota enviada via Whatsapp a alguns jornalistas pela Conferência Episcopal Espanhola (CEE) reagindo à notícia do diário El País sobre a abertura de uma...

A religião em Portugal pelo crivo da sociologia

Uma obra sobre a sociologia da religião, sobre a religião em Portugal e sobre a própria sociologia, assim foi apresentado esta quinta-feira, dia 2 de dezembro, no Instituto de Ciências Sociais em Lisboa, o livro Religião em Portugal – Análise Sociológica de José Pereira Coutinho. Para os estudiosos do tema, a obra oferece a aliciante de uma...

“Pathos Ethos Logos”: Seremos salvos?

  As personagens desta obra monumental, Pathos Ethos Logos, a que custa referir-nos como sendo um filme (?) – Luís Miguel Cintra chama-lhe “calhamaço” – são como visitantes de museus. Olham, são vagamente testemunhas da vida que passa. Não exprimem emoções por aquilo que veem. Pouco falam e quando o fazem, a mais das vezes é em off. Por...

Pin It on Pinterest