Caso Rupnik: “Palavras não bastam, é preciso atos”

  A decisão do Papa de reabrir o processo sobre o caso do padre e artista Marko Rupnik “abre uma luz de esperança”, mas “as palavras não são suficientes” e é preciso que o processo canónico respeite alguns requisitos de celeridade, transparência e respeito pelos...

Pin It on Pinterest