Joaquim Fidalgo

Segunda leitura: O que é um proletário? [À volta do 1º de Maio]

Crianças a trabalhar numa fábrica, no século XIX: a única riqueza de um proletário (que muitas vezes também acarreta mais pobreza…) são os filhos. Foto: Direitos reservados.   Nos últimos dias fiquei todo contente com uma coisa nova que aprendi. Tem a ver com uma palavra. Aliás, fico sempre muito contente quando aprendo coisas que têm a ver...

Segunda leitura – “Um pouco mais de azul – eu era além”

  Já tudo foi dito sobre isto, já toda a gente falou disto, mas eu não consigo não falar disto também: em Portugal, um terço dos pobres trabalham, têm até emprego estável, mas são e continuarão a ser pobres. E os seus filhos têm uma grande probabilidade de vir a ser pobres também. Digo outra vez, até me doer bem fundo e de modo a não esquecer: em...

Segunda leitura – A raspadinha e a raspadona

Página dos Jogos da Misericórdia de Lisboa na internet: a raspadinha é jogada sobretudo pelas pessoas de menos posses.   Portugal é campeão europeu de algumas coisas. Não muitas, acho. É, por exemplo, campeão europeu de futebol (conquistou o título em 2016, estamos lembradíssimos). E assim, de repente, não estou a lembrar-me de mais… Deve...

Segunda leitura – Uma moeda de trocas (e baldrocas)

  As vacinas contra a covid-19 são um assunto complicado. Muito complicado. # Diplomacia da vacina: como alguns países usam a covid para aumentar o seu soft power (The Conversation, 22/2) Complicado, sim, e não só por razões sanitárias, por uma questão grave de saúde pública. Claro que há a falta de vacinas, o atraso nas entregas, a polémica...

Segunda leitura – O caso, a sentença e o debate “na Net”

  0. Pontapé de partida Um gajo mata-se a trabalhar para a mulher ficar em casa e no caso de se divorciar vai ter de lhe pagar um ordenado mensal durante os anos que esteve casado… fogeeeeee a mim ninguém me apanha casado! (retirado “da Net”)   1. A notícia O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a condenação de um homem ao...

Pin It on Pinterest