Dina Matos Ferreira

Por que estais com tanto medo, homens de pouca fé?

  O crescimento pessoal e da humanidade não se dão numa linha contínua, mas costumam acontecer abruptamente, com “saltos” que nos levam para o nível seguinte: verifica-se nas eras da história humana e acontece na vida de cada um de nós. Cada uma dessas etapas é normalmente precedida por crises, sofrimentos e, não raramente, confrontos...

A Paz é uma conquista interior

Costumamos inaugurar os anos com desejos de paz, o primeiro dia do ano é o Dia Mundial da Paz. Falamos de paz como se ela dependesse apenas ou predominantemente de fatores externos. Raramente nos questionamos como é o ambiente de paz dentro de nós e como podemos ser construtores da paz, cada dia, cada hora, cada minuto que vivemos. Porque, na...

Entre a Terra e o Céu

  Todos os sistemas religiosos (e alguns filosóficos) apresentam a tensão entre o tempo presente (imperfeito) e o futuro (perfeito), revelando as fragilidades do tempo presente face à glória do tempo futuro. Nessa tensão, os fiéis (de todas as religiões) foram e são acusados de contemporizar com as injustiças do tempo presente, as suas...

Reaprender a conjugar o “Nós” – A importância de sermos Povo

  As religiões do Livro partilham esse vasto e riquíssimo património comum: a memória do Povo de Deus, das suas lutas, êxodos, lamentos e vitórias. O registo da interação de Deus com o Seu povo ao longo de séculos é um legado não pequeno onde podemos reaprender a nossa relação com Deus, descentrando-nos de nós e alargando o coração, no tempo...

Em busca da fraternidade – O papel das religiões

  O papel positivo das religiões na construção de uma fraternidade universal está longe de ser consensual e podemos até descortinar bastantes factos que apoiam a tese oposta. Efetivamente, muitas atrocidades (e de vários tipos) foram ao longo dos séculos cometidas em nome das religiões e dos seus proclamados deuses. Infelizmente, é um...

Pin It on Pinterest