Florentino Beirão

O maior mistério da vida

  A correria dos familiares para os cemitérios no Dia dos Fiéis Defuntos é um ritual que se vai repetindo ano após ano, transformando estes espaços públicos em jardins, salpicados de flores, onde a saudade e os silêncios se entrelaçam. Na verdade, a morte sempre foi, ao longo da história, um mistério e celebração para todas as civilizações,...

Compostela: uma peregrinação de fé e aventura

  Já com a pandemia parcialmente derrotada, pelas eficazes vacinas que nos vão proporcionando uma maior descontração, iniciamos agora uma nova etapa nas nossas vidas, embora mantendo algumas precauções recomendadas. Já basta de limitações, vivendo nas margens do medo, que nos foi atrofiando muitos momentos da nossa liberdade. Agora, tudo...

A longa e iníqua Inquisição

Até ao séc. XV, vigorou no nosso país um clima de convivência pacífica entre cristãos, judeus e muçulmanos, respeitando-se mutuamente. Uma liberdade religiosa apadrinhada pelos primeiros monarcas e pela Igreja. Pelo que se sabe, só nas Cortes de 1361 as minorias judaicas foram episodicamente sujeitas a perseguição por parte dos comerciantes que...

A sociedade e os idosos

Mortes vivas     Ao longo do último ano, tempo em que já dura a dolorosa pandemia que nos tem retido confinados, embora pelos piores motivos muito se tem falado dos que vivem em residências para idosos. Antes da covid-19, pelo que nos é dado agora saber, uma boa parte dos cidadãos e dos políticos parece que pouco ou nada sabiam do que...

Pobreza, vergonha de todos nós

Pobreza, vergonha de todos nós Cerca de 21,6 % da população que vive em Portugal, mais de uma em cada cinco pessoas, segundo dados do INE, vive uma situação de pobreza ou exclusão social. Mesmo as pessoas com emprego podem também ser consideradas pobres ou em risco de pobreza, se o seu ordenado não ultrapassar os 500 euros mensais. Se a degradada...

Pin It on Pinterest