Margarida Cordo

A pedagogia da aceitação

  Era uma vez… Uma vida prevista, preparada para a evolução natural, também prevista; organizada para o presente e o futuro, também previsto; estruturada de acordo com os conhecimentos hiperdesenvolvidos sobre quase tudo, também previstos. A realidade era aparentemente controlada e organizada, evolutiva e sem grandes sobressaltos, garantida...

“Coisificação” do Homem (ou ser consumido pelo Fogo)

  Vamos falar do homem no século XXI. Que ser é este? Não tenho a certeza de saber responder à pergunta. Encontro frequentemente alguém que tem acesso a tudo, para quem quase nada é impossível, mas com um volume de insatisfações que tanto o desgosta… São inúmeras as queixas que dele escutamos, embora possamos distinguir algumas mesmo...

O paradoxo do silêncio (ou acautelar a ingenuidade)

É por demais sabido que o silêncio é o maior aliado do medo. Enquanto calamos as ameaças que nos invadem por dentro, umas vezes com razão e outras sem sequer terem pretexto, elas crescem, avolumam-se e, a dado momento, incapacitam-nos. Por outro lado, ninguém duvida que a calma, como refere Eckhart Tolle, no seu livro O Poder do Silêncio, é a...

Podem, por favor, desligar o telemóvel?

As férias costumam servir para muita coisa. Para refletir, passear, conviver, partilhar, encontrar os que raramente se veem… Também para nos inteirarmos da vida com a liberdade de quem não tem de cumprir horários, de quem não tem de se responsabilizar por nada muito em especial, para além do ser de si e do deixar-se ser com cada outro. Ainda...

Estranho Mundo

Estranho Mundo Chegou o Verão. Como todos os anos apetece ir de férias, descansar, parar, encontrar os que nem sempre estão perto, cruzar corações que se querem bem, quem sabe, até viajar. Apetece sonhar com a liberdade de não ter de cumprir horários; desfrutar momentos simples, mas encantadores; descontrair sem medir todos os gestos e sem...

Pin It on Pinterest