Adultos. Com A grande, sff. (II)

“Eu vou morrer, eu vou morrer Mas antes vou aproveitar bem Se eu não crescer, eu vou morrer debaixo das saias da mãe, onde eu ‘tou tão bem”. (Capitão Fausto, Os dias contados)     O primeiro propósito deste texto está cumprido: citar os Capitão Fausto. Não...

Um dia igual aos outros

  Os olhos vão chegando ao final do Verão carregados de paisagem. Lagos, montes, desertos e um oásis pelo meio, as planícies e praias de sempre, o Douro – fruto literal da videira e do trabalho do Homem –, e um sem número de lugares. E a Cidade Santa. Jerusalém....

“Como a si mesmo”: XXI, o século do desamor (1) 

Onde esta autora* se permite aventurar, com a audácia dos ignorantes, em variados campos da vida e do saber que não domina, num possível exercício de psico-espiritualidade chinfrim. Arriscando o merecido espalhanço em grande estilo, mas sem por isso dar a jornada por...

Adultos. Com A grande, sff. (I)

    Quando, daqui a muitos anos, contarem a história deste início de século, desconfio que dirão que foi um tempo de contradição. Na verdade, desejo que o digam. Se for mesmo uma trave-mestra deste tempo, há que aceitar que a contradição não se muda, não se...

“A ceremony of carols”

  “Hoje é Setembro e amanhã já é Natal”, era uma das respostas à pergunta impertinente do regresso aos ensaios do coro: “Temos mesmo de ensaiar já músicas de Natal? Ainda está bom para a praia…” Podia seguir-se uma bela reflexão sobre os Adventos e Oitavas do...

Pin It on Pinterest