Nuno Caiado

JOÃO

  numa comovente cena final do filme o resgate do soldado ryan, este, já idoso, pergunta-se se terá sido suficientemente bom para merecer a vida proporcionada pelos homens que morreram para que ele pudesse viver. é uma pergunta muito importante, mesmo sem o extremo da guerra. todos nós tivemos, mesmo sem o saber ou sem o compreender, um...

Da memória dos sábados e da ausência de escândalo

  Creio que seria uma vez por ano. Era aos sábados à tarde, e creio que seríamos sempre os primeiros depois do almoço. Outros se nos seguiriam, mas não me lembro de os ver. A equipa diocesana da JEC (depois MCE) ia prestar as vassalagens ao cardeal-patriarca de Lisboa, dizer-lhe como andávamos, o que fazíamos. Era o tempo de D. António...

Os novos vendilhões do templo, a demissão do Estado e a Sé de Lisboa

Os novos vendilhões do templo, a demissão do Estado e a Sé de Lisboa Uma breve crónica de desastres evitáveis ​ Para boa compreensão da ideia base deste título e do artigo, peço o favor de começarem por ver a página Cidadania Lisboa. Ela permite ter um vislumbre de um conjunto de malfeitorias na Sé de Lisboa, realizadas com aquela alegria alarve...

O sofrimento como elemento axiomático da reflexão sobre a eutanásia

O sofrimento como elemento axiomático da reflexão sobre a eutanásia     Após umas notas na página do 7MARGENS no Facebook, pedem-me para lhes dar forma de artigo a fim de poder ser publicado. Está bem. Por alguma razão, que não estará fora do entendimento de quem venha a ler estas linhas, lembrei-me de ir buscar à estante o disco...

Manuela quê? – Breve carta aberta aos bispos portugueses

Maria. Manel. Silva. Nomes portugueses simples e comuns, talvez por isso esquecíveis. Neste caso, trata-se de Maria Manuela Silva, aparentemente também esquecida por alguns que a deveriam ter como luz. A sua morte é uma oportunidade de revisitar a sua vida, tão longa e rica na busca pelo fim das desigualdades. Cada um de nós – portugueses simples...

Pin It on Pinterest