Junta militar da Birmânia acusada de crimes contra a humanidade

  A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) acusou os militares da Junta que fez o golpe de estado e passou a dirigir a Birmânia de terem recorrido a repressão violenta dos protestos contra o golpe e de terem torturado e assassinado cidadãos feitos...

Pin It on Pinterest