Manuel Mendes

Minari: O sonho americano de uma família coreana

  Como é sabido, Tolstoi abre o seu romance “Ana Karenina” com a famosa frase: “As famílias felizes são todas iguais, as infelizes são-no cada uma à sua maneira.” Mas todos sabemos também, da nossa experiência, que essa afirmação só é verdadeira “à sua maneira”. Começo por aqui para falar de um belíssimo filme, Minari, que nos conta a luta...

Srebrenica, 25 anos depois

  Vi há poucos dias na televisão que foi confirmada a condenação do general sérvio Ratko Mladić, responsável pelo tenebroso massacre de Srebrenica, na Bósnia-Herzegovina. Por coincidência, tinha ido ver, na véspera, o filme Quo Vadis, Aida?, precisamente sobre esse momento terrível vergonhoso da nossa história europeia, apenas há 25 anos, em...

Um relógio que já não marca o tempo

  Num artigo publicado no suplemento ípsilon, do jornal Público de 7 de Maio, por causa do filme Pai, vem destacada esta frase provocadora dita por Anthony Hopkins, o actor: “Nascermos é a grande blague. Vivemos e depois morremos. Mel Blanc, o tipo que fez Bugs Bunny, disse: ‘That’s all folks!’ Foi o seu epitáfio. Vivemos, coleccionamos...

Um filme com muitas rodadas, quero dizer, com muitas camadas

  Mais uma Rodada é um filme muito mais interessante do que pode parecer ao ‘primeiro gole’. Eu próprio tive de beber ‘mais um copo’ (a ajuda de um olhar feminino) para poder saborear melhor algumas das muitas qualidades organolépticas que o filme oferece. Na minha breve experiência de professor de Português (no Seminário do Bom Pastor),...

Ter uma casa não é ter um lar

Apesar de uma carreira já muito premiada (vencendo inclusive os Óscares para Melhor Filme, Melhor Realizador e Melhor Actriz, dos seis para que estava nomeado) Nomadland – Sobreviver na América nunca será um filme consensual. E cada um vê-lo-á de um ponto de vista diferente, como sempre. Eu digo, desde já, que é um filme que vale muito a pena...

Pin It on Pinterest