João Alves

Saúde mental dos padres

  Sabemos já, do senso comum adquirido nesta pandemia, do valor que tem a saúde mental nos tempos que correm. Em todas as profissões encontramos desgastes próprios de quem teve que se reinventar, de mudar rotinas e, para além do aspeto profissional, a pressão sobre as famílias, as relações, as rotinas diárias e a tendência para algum...

Abusos: entre a vergonha e a esperança

  Saiu agora mais um relatório sobre a realidade dos abusos sexuais, desta vez em França. Recordo outras situações como EUA, Polónia, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia, Alemanha…todos, segundo os critérios diferenciados de estudo e análise, vão mostrando uma realidade que envergonha a Igreja Católica e a sociedade, manifestando não apenas...

Que Igreja (também) para as mulheres?

  Foi notícia em todo o mundo: o Papa permite às mulheres os ministérios laicais do leitorado e acolitado. Os mais otimistas, como eu, viram aí um caminho aberto para uma compreensão mais ampla da natureza destes e de outros ministérios; os mais pessimistas, também como eu, percebem que, apesar da grandeza e justeza da revisão legal, nada...

A espiritualidade em tempo de pandemia

  Parece que vivemos o Tempo suspenso. Ao olhar para a vida que vivemos, mais confinada e, ao mesmo tempo, mais desgastada, há um misto de angústia entre os dias que passam. Os números de infetados e mortos aumentam, a solução parece ser um vislumbre de esperança coletiva e uma certeza de um esforço comum e longo para não deixar ninguém para...

Uma espiritualidade com ou sem Deus?

Falava com alguém sobre meditação. “A meditação que faço não é religiosa”, confidenciava-me; pedi que me esclarecesse então o que buscava nessa meditação a-religiosa; “Procuramos o nosso Deus interior, aquele que existe em mim e que posso ser eu”, respondeu-me. Fiquei confundido só pela terminologia confusa. Nessa semana entrei na livraria e vi...

Pin It on Pinterest