Maria Eugénia Abrunhosa

O vale afundado e a barragem do Sabor

  Há o silêncio que desce pelas encostas banhadas pelo sol, um murmúrio de aves, vertendo-se até ao vale profundo. Souto é um lugar com casas esventradas, imoladas numa intemporalidade de destroços, num esvaziamento. Raras estão de pé: uma, é “alojamento local”; outras, servem também para casas de férias. Quando as visitas se vão embora,...

Resistir em casar à força – a história de Selima

Não, não é uma novela camiliana. Em pleno século XXI, em muitos pontos do globo, tais factos acontecem com a conivência de todos, inclusive das autoridades. No Expresso de 02/07, no artigo “O triste destino das noivas à força”, o jornalista Mauro Mondello fazia uma reportagem no Quirguistão sobre esse assunto e entrevistava mulheres e activistas...

Criptojudaísmo, visitações, denunciantes e denunciados

O criptojudaísmo foi um dos fenómenos que a Inquisição criou, na tentativa de muitos judeus tentarem escapar aos seus tentáculos. Histórias de denunciantes, denunciados e visitações, quando se assinalam os 200 anos de extinção da Inquisição, ocorrida a 5 de Abril de 1821.   O judeu Samuel Schwarz nasceu na Polónia em 1880. Era engenheiro de...

Júlio Dinis – a modéstia e o perfume das violetas

 O escritor Júlio Dinis (1839-1871) – na verdade o médico Joaquim Guilherme Coelho – nasceu de uma família da alta burguesia portuense. O pai, médico; a mãe de origem inglesa e irlandesa – os avós, pelo menos, comerciantes, já cá viviam. Estuda na Escola Médica. Acabado o curso com distinção, torna-se lente nessa Escola. Embora falecesse aos 31...

Inquisição em Portugal: Quatro processos em nome da fé

Em meados do séc. XVI, Portugal abria-se a uma “medievalidade retardatária e subdesenvolvida em relação à da Europa avançada dessa época” (3). Quatro histórias de portugueses perseguidos pela Inquisição, cuja extinção em Portugal ocorreu em 5 de Abril de 1821, fez agora 200 anos.     Damião de Goes: não há outro que dê maior glória  “Entre...

Pin It on Pinterest