Uma dezena de padres investigados pela Igreja em Portugal, desde 2001, por abusos sexuais

| 12 Fev 19 | Destaque 2, Igreja Católica, Últimas

 

A Igreja Católica já investigou desde 2001, em Portugal, uma dezena de denúncias de abuso sexual de menores. De acordo com o porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), padre Manuel Barbosa, “os casos tratados nos tribunais eclesiásticos onde chegam as denúncias são pouquíssimos” e, desses, em mais de metade “a investigação prévia parou por falta de fundamento”. 

Durante esta semana, o jornal digital Observador está a publicar as histórias dos vários casos que vieram a público e abriu uma caixa de contactos para quem queira partilhar alguma história ou informações relevantes.

Citado pela mesma fonte, o porta-voz da CEP, que falou a vários jornalistas no final da reunião do conselho permanente da CEP, que decorreu em Fátima esta terça-feira, 12 de Fevereiro, admitiu que se deve reconhecer “com humildade se houve casos em que não se agiu corretamente”, porque “pode acontecer que aqui ou ali não tenha existido essa investigação”. Mas considera também ser “justo reconhecer” que a CEP tem trabalhado “a nível de orientações comuns”. E acrescentou: “Além da Igreja, pergunto se há outras instituições que têm levado isto a peito. É uma interrogação que deixo.”

Manuel Barbosa reafirmou ainda a orientação de “tolerância zero” para com estes casos e a “disponibilidade activa” dos bispos “para escutar as presumíveis vítimas” destes processos. Citado na Ecclesia, o porta-voz da CEP afirmou: “Como o Papa diz, temos de ter tolerância zero neste drama e, nesse sentido, esta escuta, todo o processo que se deve ter em consideração, passa sobretudo, naturalmente, pelas dioceses, porque é aí que as pessoas vivem. Se houver denúncias têm de ser encaminhadas para quem de direito, nas próprias dioceses.”

Na próxima semana, entre os dias 21 e 24, decorre em Roma uma cimeira sobre abusos sexuais, convocada pelo Papa, e que reunirá os presidentes das conferências episcopais de todo o mundo. A comissão organizadora da reunião pediu aos bispos que ouçam vítimas de abusos mas a CEP já fez saber que o seu presidente, estando disponível para o caso de alguém aparecer, não terá a iniciativa de chamar alguém nessa situação. Segundo o Observador, há pelo menos, nove vítimas cujas identidades são do conhecimento da hierarquia católica.

Tão pouco está previsto qualquer levantamento nacional deste tipo de casos. No entanto, se houver uma “orientação da Santa Sé nesse sentido”, a assembleia plenária da CEP poderá tomar outras decisões. “Mas teremos de esperar pelo encontro” da próxima semana, sublinhou.

Citado na Ecclesia, o padre Hans Zollner, da comissão organizadora da reunião, afirmou que nela “serão discutidas as responsabilidades pastorais e jurídicas do bispo” e o “tema da transparência”, seja ela “interna, mas também para com as autoridades estatais e com todo o povo de Deus”.

(Vídeo: Agência Ecclesia)

Artigos relacionados

Breves

Encontro de artistas portugueses com músicas do grupo Gen Verde

Um encontro de artistas de várias áreas, que sejam sensíveis às dimensões do Sagrado, da Beleza e do Bem Comum, está convocado para a tarde deste sábado, 18 de Maio, entre as 16h30 e as 18h, no Auditório da Igreja São Tomás de Aquino (Laranjeiras), em Lisboa.

Bolsonaro contestado por cortes na Educação

As ruas de mais de duas centenas de municípios em 26 estados brasileiros foram tomadas esta quarta-feira, 15 de maio, por manifestações que registaram a participação de centenas de milhares de estudantes e professores.

Televisão: Fátima vence Cristina

As cerimónias da peregrinação de 13 de maio a Fátima, transmitidas pela RTP1, conquistaram 381 mil espectadores, deixando o programa Cristina, da SIC, a grande distância (317 mil).

Boas notícias

É notícia 

Entre margens

A União Europeia necessita de psicanálise

Importa olhar para o «subconsciente» da União Europeia e tentar perceber a causa de tão grande tormento. Dir-se-ia que a União Europeia necessita de fazer algumas sessões de psicanálise. Queiramos ou não, estejamos ou não de acordo, a realidade é que a União Europeia marcará o nosso futuro coletivo.

Cultura e artes

Uma audição comentada do Livro dos Salmos

Será uma audição comentada do Livro dos Salmos aquela que Alfredo Teixeira proporá nesta quarta-feira, 22 de Maio, a partir das 18h30, na Capela de Nossa Senhora da Bonança (Capela do Rato), em Lisboa (Calçada Bento da Rocha Cabral, 1-B).

Coro do Trinity College de Dublin em Lisboa para concerto e eucaristia

Neste sábado e domingo, 18 e 19 de Maio, Lisboa acolhe dois concertos do Coro da Capela do Trinity College de Dublin (Irlanda). Às 17 horas de sábado, o coro dará um concerto de música sacra na Sé de Lisboa; no domingo, participa na eucaristia dominical na Catedral Lusitana de S. Paulo em Lisboa (Comunhão Anglicana), com início às 11h00 (Rua das Janelas Verdes).

Sete Partidas

A Páscoa em Moçambique, um ano antes do ciclone – e como renasce a esperança

Um padre que passou de refugiado a conselheiro geral pode ser a imagem da paixão e morte que atravessou a Beira e que mostra caminhos de Páscoa a abrir-se. Na região de Moçambique destruída há um mês pelo ciclone Idai, a onda de solidariedade está a ultrapassar todas as expectativas e a esperança está a ganhar, outra vez, os corações das populações arrasadas por esta catástrofe.

Visto e Ouvido

Igreja tem política de “tolerância zero” aos abusos sexuais, mas ainda está em “processo de purificação”

D. José Ornelas

Bispo de Setúbal

Agenda

Mai
27
Seg
Conferências de Maio – “Os jovens chamados a transformar” – IV – “Os jovens descobrem Deus” @ Centro Nacional de Cultura
Mai 27@18:30_20:00

Participam Alfredo Teixeira, antropólogo e compositor, autor de Religião na Sociedade Portuguesa, Américo Aguiar, bispo auxiliar de Lisboa, e João Valério, arquitecto e músico.

Ver todas as datas

Fale connosco